Home > Notícias

Pesquisadores criam sistema que transforma janelas em painéis solares

Nova tecnologia absorve luz de grandes áreas, o que aumenta a capacidade elétrica de cada célula solar em mais de 40 vezes.

Computerworld/EUA

11/07/2008 às 11h44

Foto:

Pesquisadores do Massachussets Institute of Technology (MIT) criaram um sistema que transforma janelas de grandes edifícios em painéis solares.

A nova tecnologia, apelidada de “solar concentrators”, absorve a luz por uma grande área - no caso, uma janela -, explicou o professor do MIT e líder do projeto, Marc Baldo.

A inovação também pode ser utilizada para aumentar a capacidade de painéis solares tradicionais em 50%. “O sol é uma fonte inesgotável de energia. O maior impedimento para a implementação destes sistemas é seu custo”, afirmou Baldo. “Em um grande edifício, é preciso gerar de 50 watts a 60 watts de energia por metro quadrado. Em prédios altos, faz muito sentido ter grandes áreas cobertas por janelas.”

Ao invés de cobrir um telhado com painéis solares - que ainda custam caro -, a nova tecnologia fica nas extremidades de um painel de vidro. A luz concentrada aumenta a capacidade elétrica de cada célula solar em mais de 40 vezes, diz Baldo.

Para criar o sistema, os pesquisadores misturam diversas tinturas e, com elas, pintam o vidro ou o plástico. As tintas absorvem a luz por um conjunto de ondas de eletricidade. A energia, então, é impulsionada pelas laterais do vidro, onde ficam armazenadas as células solares.
++++
Baldo explica que este conceito existe desde os anos 70, mas a tecnologia não evoluiu porque não era possível mover a energia do centro do vidro para as extremidades sem perder boa parte dela.

Os pesquisadores do MIT, então, misturaram as tintas e as usaram em diferentes ângulos para controlarem melhor a absorção da luz e do movimento.

Mesmo assim, Baldo admite que os painéis de energia solar tradicionais ainda oferecem mais energia. Mas a absorção pelas janelas é uma alternativa mais barata.

O MIT afirma que, como o sistema é relativamente simples, é possível que chegue ao mercado em três anos.

Em maio, a Apple revelou que deseja registrar uma patente para carregar portáteis com energia solar.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail