Home > Notícias

Pirata de games é condenado a 15 meses de prisão nos Estados Unidos

Norte-americano ainda pagará multa de mais de US$ 415 mil por vender consoles da Nintendo com 76 games piratas na memória.

IDG News Service/ EUA

18/08/2008 às 11h36

Foto:

Um homem da Flórida foi condenado a 15 meses de prisão e multado em mais de 415 mil dólares por vender consoles que tinham ao menos 76 games piratas em sua memória, revelou o Departamento de Justiça dos Estados Unidos na sexta-feira (18/08).

Kifah Maswadi, de 24 anos, foi acusado de infração de direitos autorais por vender os consoles portáteis Power Player com as cópias piratas dos games - a maioria da Nintendo ou de empresas licenciadas.

O criminoso vendeu os consoles entre 2006 e 2007, por meio de um site, e lucrou mais de 390 mil dólares.

Além da prisão e restituição à Justiça, Maswadi ficará três anos em liberdade assistida, além de ter que cumprir 50 horas de serviços à comunidade.

Na última quinta-feira (14/08), um cracker dos EUA foi condenado a 7 anos de prisão por ter criado um esquema de phishing que roubou 400 mil dólares de 250 vítimas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail