Home > Notícias

Pirataria ameaça desenvolvedores de programas para iPhone

Brecha na App Store faz com que empresas tomem atitudes para evitar que seus softwares sejam usados ilegalmente

Aayush Arya, Macworld - EUA

11/03/2009 às 15h27

Foto:

Por mais que a App Store boa em muitos aspectos, aqui está um defeito como muita gente não deve ter considerado: como todos os aplicativos estão protegidos pelo mesmo esquema de proteção contra cópias, se uma pessoa descobre um jeito de burlar a segurança, qualquer um na internet vai poder ter milhões de aplicativos de graça.

Infelizmente, para desenvolvedores de aplicativos de iPhone de terceiros e para a Apple, o FairPlay DRM, que protege os aplicativos foi comprometido há alguns meses e piratas têm usado versões copiadas de aplicativos pagos por algum tempo.

Como ainda a Apple não deu sinais de coibir esse rompante de pirataria, essa falta de resposta por parte da companhia fez com que alguns desenvolvedores, como Bem Chatelain, entrassem em ação. Chatelain lançou recentemente a versão 1.1 do seu aplicativo de US$ 1 Full Screen Web Browser. Tendo notado o aumento dramático do uso ilegítimo de seu aplicativo depois que uma versão pirata foi lançada em um site, ele decidiu lutar. Chatelaim embutiu uma trava na versão 1.1 que checa se o aplicativo foi oficialmente comprado. Se não, o programa espera 10 entradas e então manda uma mensagem pedindo ao usuário para, ou sair do aplicativo, ou comprá-lo da App Store.

Mesmo que esse seja apenas um dos primeiros exemplos de um desenvolvedor adotando medidas antipirataria no próprio aplicativo, outros desenvolvedores já discutem o tema há algum tempo. Um dos mais preocupados é Marco Arment, o desenvolvedor do aplicativo Instapaper. Até agora, Chatelain teve pouco retorno, com apenas cinco dos 39 que pegaram a mensagem escolhendo comprar o aplicativo.

Desenvolvedores também precisam alimentar seus filhos, e é perfeitamente razoável que eles tentem se precaver contra o roubo de seus softwares. Mas é uma vergonha as coisas chegarem a esse ponto. A Apple escolheu controlar o processo todo, tornando a companhia responsável por garantir que o sistema seja seguro como poderia ser de fato. Se o DRM da Apple é vulnerável, desenvolvedores podem se sentir menos estimulados em criar novos aplicativos. Tomara que a companhia esteja apta a tapar esse buraco da App Store...

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail