Home > Notícias

Pirataria é maior entre pequenas e médias empresas, mostra estudo

Para Business Software Alliance (BSA), empresas são fundamentais para diminuir a pirataria de softwares no Brasil.

Fabiana Monte, editora-assistente do COMPUTERWORLD

12/05/2009 às 15h17

Foto:

De acordo com pesquisa realizada pela consultoria IDC, em 2008, a pirataria trouxe prejuízo de 1,6 bilhão de reais ao Brasil. Para diminuir o uso ilegal de software no País, a Business Software Alliance (BSA), entidade que reúne fabricantes de software, acredita que é fundamental reduzir o uso de software pirata pelo mercado corporativo.

Segundo o estudo, empresas, escolas e órgãos públicos responderam por 45% do software instalado em computadores de todo o mundo no ano passado.

A avaliação da IDC indica que esses usuários tendem utilizar mais software pirateado em computadores novos, em comparação a consumidores finais. Isso ocorre, principalmente, porque consumidores finais adquirem PCs que já vêm com software, ao contrário do mercado corporativo, que usa canais de distribuição variados e máquinas com menos programas pré-instalados.

Na análise da consultoria, no mercado corporativo a pirataria tem uma incidência maior entre pequenas empresas, que mais frequentemente compram equipamentos de fornecedores chamados de "caixa branca" (sem marca conhecida). Dados do mercado da América Latina indicam que 75% dos PCs fornecidos a pequenos empresários ou consumidores, mais de 55% são provenientes de fornecedores sem marca.

O cálculo da IDC é que, nos próximos quatro anos, os gastos de empresas e consumidores com software totalizarão cerca de 450 bilhões de dólares em todo o mundo. Se as atuais taxas de pirataria permanecerem inalteradas, outros 300 bilhões de dólares serão usados ilegalmente. Por outro lado, uma redução de um ponto percentual ao ano neste índice promoverá um incremento de 20 bilhões de dólares à receita do setor de tecnologia da informação, estima a consultoria.

Especificamente no Brasil, a redução da taxa de pirataria no Brasil em 10 pontos percentuais entre 2008 e 2012 geraria 2,9 bilhões de dólares em receita para a indústria de software nacional, segundo estudo da IDC divulgado em janeiro do ano passado. No mundo, a diminuição criaria 600 mil novos empregos e 24 bilhões de dólares em receitas adicionais com impostos.

pcw_logo_twitter_73.jpg
> Siga PC WORLD no Twitter em http://twitter.com/pcworldbrasil

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail