Home > Notícias

Placa Jetson TK1 da Nvidia pode ser usada em um “PC Gamer” com Linux

Com preço sugerido de US$ 192, placa combina processador quad-core Tegra K1 de 2.3 GHz com uma GPU baseada na arquitetura “Kepler”, com 192 núcleos de processamento gráfico.

Agam Shah, IDG News Service

02/05/2014 às 17h25

Nvidia_TegraK1-520px.jpg
Foto:

A Nvidia está levando o desempenho de um supercomputador à Jetson TK1, uma placa de US$ 192 projetada para auxiliar no desempenho de dispositivos embarcados, mas que também poderia ser usada como um PC para games baseado em Linux.

A TK1 é uma placa “pelada” que contém todos os principais componentes de um computador pessoa, de forma similar à popular Raspberry Pi. Mas o desempenho está na casa dos 300 Gigaflops, e a Nvidia afirma que ela poderia ser usada como um PC para jogos compatíveis com a arquitetura ARM e o sistema operacional Linux.

O desempenho vem de 192 núcleos de processamento gráfico baseados na arquitetura Kepler. A GPU é similar às usadas no segundo supercomputador mais rápido do mundo, o Titan, que tem um desempenho de pico entre 17,6 e 27,1 petaflops de acordo com a Top500, que a cada seis meses compila uma lista com os 500 supercomputadores mais rápidos no mundo.

A placa pode ser usada para prototipar aparelhos e testar aplicações como entretenimento veicular, visão computadorizada, vigilância ou dispositivos médicos que precisam de processamento de imagem em tempo real, disse Jesse Clayton, o gerente de produto da Jetson TK1.

A TK1 também poderia ser usada como um PC para games, embora seja necessário um certo trabalho para “portar” os jogos, o que teria que ser feito por seus desenvolvedores. A Nvidia oferece uma versão do Linux para sua placa baseada no Ubuntu 14.04, mas a maioria dos jogos para a plataforma ARM foi projetada para dispositivos móveis rodando o Android.

“O TK1 se comporta como uma grande GPU. Se você quiser desenvolver um jogo para ARM e Linux, pode”, disse Clayton.

A TK1 tem um processador Tegra K1 baseado na arquitetura ARM Cortex-A15, que também é usada em alguns smartphones como o Samsung Galaxy S5. Para comparação, placas de baixo custo como a Raspberry Pi e a BeagleBone usam processadores ARM baseados em arquiteturas muito mais antigas, e de menor desempenho.

blackfriday50889ciodgf.jpg

A nova placa é o primeiro produto da Nvidia com o K1, que foi anunciado em Janeiro e irá aparecer em dispositivos móveis a partir da segunda metade deste ano. O K1, que terá versões de 32 e 64 Bits, é o sucessor do Tegra 4, que é usado em tablets de empresas como a HP e ASUS. A TK1 tem uma versão de 32-Bits do K1. Clayton se recusou a comentar sobre o lançamento de uma versão de 64 Bits da placa.

Dispositivos embarcados podem ser o foco da TK1, mas ele também pode ser usado para escrever apps para os futuros smarthones e tablets baseados no processador K1, disse Nathan Brookwood, principal analista da Insight 64.

Entretanto, a placa teria de rodar o Android, e o gerenciador de boot e recursos do processador indicam o suporte ao sistema da Google. Já Clayton disse que pode ser possível rodar o Android, mas que a placa foi projetada para funcionar com o Linux.

A TK1 também tem suporte ao CUDA 6, que oferece as ferramentas de programação necessárias para que os desenvolvedores possam terceirizar tarefas de uma CPU para as GPUs, que são mais rápidas em processamento numérico intenso e processamento paralelo. Segundo Brookwood, equilibrar a carga de processamento entre GPUs e CPUs pode tornar os aparelhos mais eficientes no uso de energia.

CUDA é amplamente usado em PCs ou placas para servidores, mas a Nvidia está alavancando o uso de processamento paralelo em dispositivos móveis e eletrônicos menores.

A TK1 é uma placa quadrada, medindo 127 x 127 milímetros. Tem 2 GB de RAM e 16 GB de memória flash (eMMC). Entre as portas e conectores estão um slot mini PCI-Express, SD/MMC, USB 3.0, USB 2.0, HDMI, RS232 (interface serial), SATA e Gigabit Ethernet. Também há GPIOs (portas de entrada/saída de uso geral), uma UART e uma interface CSI-2, à qual podem ser conectadas câmeras.

A TK1 está disponível no site da Nvidia, ou em revendedores nos EUA como a Newegg e a Microcenter.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail