Home > Notícias

PlayBook será mais barato que o iPad, garante a RIM

Fabricante do BlackBerry aposta no preço mais em conta e no suporte a Flash para bater a Apple; lançamento está previsto para início de 2011

PC World/EUA

10/11/2010 às 16h16

Foto:

A Research In Motion (RIM) pretende lançar seu tablet PlayBook a um preço menor que o do iPad, afirma a BusinessWeek. Tal postura faria parte de uma estratégia ousada para enfrentar o domínio de mercado que aparelho da Apple já possui. O aparelho deve chegar às lojas no início de 2011.

O iPad parte de 499 dólares, no modelo com 16GB e Wi-Fi, e chega a 829 dólares na opção com 64GB e conexão 3G. Segundo um executivo da RIM, no entanto, em entrevista concedida na última semana, o PlayBook chegará à América do Norte já no primeiro trimestre do próximo ano, a um preço menor.

Atrasados
O tablet da Apple, que começou a ser vendido em abril e já contabiliza 4 milhões de unidades comercializadas, criou um novo mercado cujo principal atributo é a oferta de aparelhos mais leves que um notebook, mas com uma tela maior que os smartphones – por isso, muitos defendem que os tablets estão roubando a popularidade dos netbooks. Seis meses após a chegada do iPad – e nove depois de seu anúncio – a RIM mostrou seu produto que virá enfrentá-lo, o PlayBook.

Ele terá uma tela de sete polegadas, ante dez do iPad, mas com a mesma resolução de seu rival, o que significa mais pixels por centímetro. A princípio, porém, o aparelho não contará com conexão 3G autônoma, mas funcionará caso um celular BlackBerry seja usado como modem. Outros destaques são a memória RAM de 1GB – quatro vezes maior que a do iPad – e as duas câmeras – uma frontal de 3MP e uma traseira de 5MP.

Todos os competidores do iPad contam com tela de sete polegadas, o que, segundo Steve Jobs, será a causa de seu fracasso. Outro problema é diferença de custo: o Samsung Galaxy S, por exemplo, custa 599 dólares, apenas 30 dólares a menos que o iPad equivalente. A T-Mobile, operadora dos Estados Unidos, o comercializa por 400 dólares, mas mediante um contrato de fidelidade de dois anos.

A RIM está muito esperançosa quanto ao seu tablet, não só pelo seu preço competitivo, mas por ele ser compatível com Adobe Flash e AIR – dois padrões que o iPad não suporta. Entretanto, quando o PlayBook chegar ao mercado, o iPad, provavelmente, já estará em sua segunda versão; portanto, enfrentará um produto aprimorado e ainda não conhecido.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail