Home > Notícias

Por pane, Telefônica promete desconto a todos os usuários do Speedy

Operadora alega que é praticamente impossível identificar usuários afetados e negocia compensação por pane com Procon e Idec.

Redação do IDG Now!

04/07/2008 às 19h51

Foto:

A Telefônica informou, nesta sexta-feira (02/07), que pretende oferecer descontos a todos os 2,4 milhões de usuários do serviço Speedy de banda larga para compensar a pane em sua rede, que deixou boa parte do Estado de São Paulo sem internet por quase 24 horas.

A compensação geral, segundo o presidente da operadora, Antônio Carlos Valente, se deve ao fato de que a empresa considera "praticamente impossível" identificar a parcela de usuários afetados pelo problema.

Mais sobre a pane da Telefônica:
> Operadora culpa roteador por pane
> Idec defende ressarcimento
> Bug deixa órgãos sem internet
> Erro é "complexo e raro", diz operadora
> Telefônica desconhece motivo
> Ouça comentário na CBN sobre pane

A pane na rede da Telefônica deixou usuários residenciais, corporativos e órgãos públicos do Estado de São Paulo fora do ar das 22 horas da quarta-feira (02/07) às 20h30 da quinta-feira (03/07).

O restabelecimento total do serviço foi comunicado pela empresa a partir de 23 horas da quinta-feira. No entanto, diversos usuários ainda reclamam de instabilidade ou ausência de acesso ao Speedy ainda na tarde de hoje.
++++
"Fiquei surpreso com a notícia uma vez que meu Speedy, assim como o da minha empresa, não voltou", alertou o leitor Antônio Guilherme, no início da tarde desta sexta-feira.

Já o leitor Gabriel comentou, às 16 horas de hoje, que ainda enfrentava muita dificuldade para se conectar. "Moro na cidade de Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo e minha internet nem a de ninguém que conheço na cidade não está normal!", afirmou.

O presidente da Telefônica afirmou que a empresa negocia com o Procon-SP uma oferta justa aos usuários do Speedy. "Estamos discutindo com o Proncon e o Idec para tomar providências em relação aos danos, mesmo que eles tenham sido involuntários", declarou Valente.

Em comunicado enviado na tarde desta sexta-feira, a Fundação Procon-SP informou que a Telefônica "irá adotar procedimentos alternativos  para  a  reparação  dos  prejuízos sofridos pelos usuários do serviço  (assinantes)  e  pessoas  físicas atingidas de forma indireta pelo episódio."
++++
Aos assinantes do Speedy foi apresentada uma proposta de abatimento no valor da  próxima  fatura  por  um  período  um  pouco superior ao tempo em que o serviço  ficou  fora  do ar. "A proposta, no entanto, foi considerada tímida pelos  representantes dos órgãos de defesa do consumidor, que solicitaram a apresentação de uma medida mais ampla", diz o Procon-SP.

"Já  para as pessoas atingidas pela interrupção do serviço de forma indireta (perda  do dia de trabalho, não pagamento de conta, etc), a empresa afirmou que  irá criar um mecanismo específico de atendimento das reclamações pelo callcenter,  inclusive  um  canal  de  direcionamento  para as demandas que chegarem aos órgãos de defesa do consumidor."

O Procon-SP informou que uma nova reunião  foi  agendada  para  segunda-feira (07/07), para que a Telefônica apresente mais informações e detalhes sobre os procedimentos a serem adotados na reparação aos danos sofridos pelos consumidores do Estado de São Paulo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail