Home > Notícias

Por que a Amazon erra ao atacar o iPad

Nova propaganda para a TV do leitor digital Kindle satiriza o tablet da empresa de Steve Jobs; comparação, no entanto, é no mínimo indevida

IDG News Service

14/09/2010 às 14h47

Foto:

A Amazon é responsável pela aceitação do leitor digital, graças ao Kindle, e tem um domínio quase insuperável neste mercado. No entanto, a companhia parece ter algum tipo de complexo contra o iPad da Apple, evidenciado pela sua nova campanha de marketing. 

A nova propaganda de TV satiriza o tablet devido ao brilho da tela ao tentar usá-lo ao ar livre com bastante luminosidade. Analisando esse recurso em específico, o display de LCD é uma desvantagem quando utilizado sob luz solar, especialmente se comparado à tela de E-Ink do Kindle. 

No entanto, o anúncio não é totalmente verdadeiro, já que o iPad é uma plataforma que proporciona leitura melhor em outros ambientes, por exemplo, com baixa luminosidade. Mas esse não é o principal engano da Amazon. Ela erra ao transformar o tablet da Apple em um concorrente, mesmo sendo produtos de diferentes preços e voltados para consumidores distintos.

Na verdade, a Amazon deveria se preocupar em enfrentar seus verdadeiros adversários, como os dispositivos Nook, da Barnes and Noble, ou o Sony Reader. Assim como faz a fabricante do iPhone, que se concentra em competir com o Samsung Galaxy Tab.

A campanha publicitária é cativante de tal forma que lembra a campanha "I'm a Mac", da própria Apple, mas é desnecessária e equivocada. 

Comparações diretas com o iPad são irrelevantes, porque os produtos não são iguais.

Na verdade, o tablet é um verdadeiro parceiro, se analisarmos que o valor real não está no dispositivo em si, mas sim nos usuários de livros no formato Kindle. Por isso, o iPad - e qualquer outra plataforma que tenha o app - só irá colaborar para beneficiar a própria Amazon.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail