Home > Notícias

Por que o Facebook não quer integração com a rede da Apple

A conexão da Ping com o site de relacionamentos foi anunciada, mas "sumiu" repentinamente; sobrecarga da rede é um dos motivos

PC World/EUA

03/09/2010 às 18h10

Foto:

Está imaginando por que não pode usar o Facebook para encontrar seus amigos na Ping – nova rede social integrada ao iTunes da Apple, que supostamente estaria conectada com o site de relacionamentos?

A hipótese mais comentada é a de que Apple e Facebook não chegaram a um acordo comercial. Mas a falha em alcançar um denominador comum não impediu a Apple de tentar oferecer a funcionalidade assim mesmo – até o Facebook fechar a porteira. Eis o que aconteceu:

 
O Facebook tem medo de ficar sobrecarregado
Qualquer aplicativo terceirizado que queira acessar informações de usuários precisa utilizar a API (Interface de Programação de Aplicações, em inglês) do Facebook para conseguir. As APIs geralmente são gratuitas, exceto para serviços que geram mais de 100 milhões de requisições por dia. Nesses casos, o requerente (no caso a Apple) precisa negociar os termos de uso com o Facebook, e concordar com as Políticas e Princípios do Desenvolvedor do Facebook
 
A perspectiva de parceria com a Apple declaradamente foi uma preocupação para o Facebook, que temeu uma potencial sobrecarga de tráfego web repentino e massivo. O medo era que os usuários do Ping pudessem sobrecarregar os servidores do Facebook ,causando problemas de “estabilidade do site” e de “infra-estrutura”, de acordo com o The New York Times
 
É muito cedo para dizer quantos dos 160 milhões de usuários do iTunes estão usando o Ping. Novamente, a histeria gerada pela ansiedade de testar um produto novo da Apple pode ocasionalmente sobrecarregar os servidores de parceiros comerciais, como foi o caso da falha nos computadores da AT&T durante o lançamento do iPhone 4.

Então é simples enxergar por que o Facebook estaria preocupado com o fluxo intenso que os usuários da Ping poderiam gerar,  derrubanado a rede do site. Para os usuários, entretanto, a falta de um acordo é um infortúnio, pois a integração com o Facebook deixaria muito mais fácil encontrar os amigos na Ping. 

 
ping.jpg
A Apple bem que tentou, mas o receio do Facebook interrompeu as negociações

 
O Facebook era parte do Plano do Ping
Quando a Apple demonstrou a rede social durante o evento anual de lançamento de produtos na última quarta-feira, muitos noticiaram que o Ping incluía integração com o Facebook. No entanto, mais tarde naquele mesmo dia, quando o iTunes 10 tornou-se publicamente disponível, a funcionalidade do Facebook estava faltando – todavia, alguns usuários relataram um breve acesso à integração com o site de relacionamentos no Ping, quando o iTunes 10 foi lançado. 
 
O diálogo inicial entre a Apple e o Facebook falhou por causa dos termos do Facebook que o CEO Steve Jobs classificou como “pesados”, de acordo com muitos relatos. Mesmo assim, a Apple tentou declaradamente implantar a integração com o Facebook no Ping sem autorização, de acordo com o AllThingsD. Mas isso não durou muito,  até que o Facebook descobriu a trama da empresa, e a conexão foi  cortada.
 
Tanto a Apple quanto o Facebook ainda estão discutindo a respeito do Ping, mas é incerto quanto tempo as negociações vão levar ou se terão sucesso. 
 
Enquanto isso, a Apple deveria estudar outras maneiras mais fáceis de encontrar amigos na Ping. Muitas redes sociais (incluindo o Facebook) permitem ao usuário encontrar conhecidos importando informações de contatos do Gmail, Hotmail e AOL Instant Messenger. Essa pode ser uma alternativa viável para a Ping, até as duas companhias lidarem com suas diferenças.
 
 
facebook300
Mesmo com seus 500 milhões de usuários, o Facebook negou acesso ao Ping, por medo de sobrecarregar seus servidores

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail