Home > Notícias

Por que o BlackBerry superou o iPhone nos EUA

Apesar de o Curve ter atingido a liderança no primeiro trimestre de 2009 no mercado americano, isso não deve durar. Saiba os motivos

Jeff Bertolucci, PC WORLD/EUA

05/05/2009 às 11h13

Foto:

O BlackBerry Curve, da RIM, superou as vendas do iPhone do mercado americano no primeiro trimestre de 2009, segundo a empresa de pesquisa NPD Group.  Com queda de 10% no market share, o aparelho da Apple foi parar no segundo posto. A participação da RIM em smartphones cresceu 15%, atingindo 50% desse mercado no período.

Para completar, dois outros modelos da RIM, o Storm e o Pearl, atingiram o terceiro e o quarto postos. E o T-Mobile G1 saltou para a quinta posição. Mas a queda não foi um "privilégio" da Apple. A Palm, que deve lançar o Pre até o final do mês, também sofreu uma queda de 10% na participação de mercado.

As coisas parecem muito bem para a RIM e sua popular família BlackBerry. Mas esse cenário de vitória sobre o iPhone não deve permanecer. Isso porque o impressionante volume de vendas do primeiro trimestre foi turbinado em parte pela promoção da Verizon Wireless em estilo “compre-um-ganhe-outro”, além da forte campanha de marketing do BlackBerry Storm, apesar de alguns reviews não muito favoráveis.

A Verizon certamente não continuará sua campanha de “dois-por-um” para sempre, o que deve diminuir as vendas do Curve.  Quanto ao Storm, por ser relativamente novo, sua popularidade será determinada pela experiência dos usuários, que passarão suas impressões para frente. Se o veredito não for bom, a queda acontece.

Mas, por que as vendas do iPhone caíram 10%? Rumores de um novo e melhorado iPhone têm circulado pela internet e isso faz com que consumidores em potencial segurem suas compras. Quando esse novo modelo chegar, as vendas do smartphone da Apple devem ganhar fôlego novamente.

Uma vantagem do BlackBerry é o fato de estar disponível nos EUA em várias operadoras, enquanto que o iPhone é exclusivo da AT&T. Mas há informações sobre conversas entre a Apple e a Verizon. Se isso vingar, também deve melhorar as vendas do iPhone.

Finalmente, o Palm Pre certamente roubará participação tanto da RIM quanto da Apple. Mas é possível que seu teclado físico tenha mais apelo entre o público do BlackBerry Curve. É esperar para ver.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail