Home > Notícias

Preço de memória DRAM continua em queda, apesar da produção menor

DRAMeXchange revela que que a movimentação dos fornecedores para pressionar alta nos preços não teve o resultado planejado.

Redação do Computerworld

06/10/2008 às 12h52

Foto:

Em 15 de setembro, diversos fabricantes de DRAM anunciaram
que iriam cortar
a produção de memórias
para pressionar uma alta nos preços. Em duas
semanas, os preços para atacado das memórias tiveram
queda de mais de 18%
.

A estratégia, de acordo com a empresa de análise DRAMeXchange,
não deu resultado. A expectativa de redução na produção mundial de DRAM de 5% a
6% até o final de outubro não culminou em redução dos preços, já que a crise financeira
nos Estados Unidos gerou uma menor demanda pelos chips.

“No geral, o mercado para atacado continuou a enfraquecer em
setembro apesar dos anúncios de redução na produção”, diz relatório do
instituto.

A memória de 1GB SO-DIMM de 667MHz teve queda no preço para
atacado de 15,6%, a maior queda dos últimos seis meses.

“Os fabricantes de PCs com maior desempenho no mercado europeu
seguem diminuindo a expectativa de vendas e a compra de DRAM (...). O nível de
estoque acumulado de DRAM dos fabricantes de PCs segue relativamente alto, o
que resultou em demanda ainda mais baixa para os fornecedores de memória”,
completa o relatório.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail