Home > Notícias

Prejuízos com pirataria no Brasil chegam a US$ 1,6 bilhão, diz BSA

Aliança das indústrias aponta que 59% do mercado é dominado por software pirata; lista é liderada pela Armênia, com 93%.

Redação do IDG Now!

13/05/2008 às 20h19

Foto:

O índice de pirataria de software no Brasil chegou a 59%, em 2007 aponta o 5º Estudo Anual Mundial de Pirataria de Software divulgado pela Business Software Alliance (BSA)  nesta quarta-feira (15/05).

Os prejuízos causados pela venda de programas ilegais no País ultrapassaram 1,6 bilhão de dólares. Em 2006, as perdas haviam atingido 1 bilhão de dólares, o que reflete crescimento de 60% para os negócios do setor.

Mundialmente, a indústria de software perdeu 48 bilhões de dólares para o mercado ilegal, com média de pirataria de 38%.

A soma mostra um aumento de 20% diante do prejuízo de 40 bilhões de dólares registrado em 2006, revela o relatório da BSA que envolve 102 países.

No ranking elaborado pela entidade entre os 108 países pesquisados, Estados Unidos (20%), Luxemburgo (21%) e Nova Zelândia (22%) são os países onde registram-se os menores índices de pirataria.

Armênia (93%), Bangladesh (92%) e Azerbaijão (92%), no sentido contrário, aparecem com países com maior índice de uso de softwares piratas.

Ainda que lidere o ranking, os EUA são os principais atingidos pela pirataria de software, com o mercado interno contabilizando mais de 8 bilhões de dólares de prejuízo durante 2007.

Segundo o estudo 2007 da BSA, se a pirataria fosse diminuída em 10% no Brasil, o país seria beneficiado com a criação de 11,5 mil novos empregos, a injeção de 2,9 bilhões de dólares no setor e arrecadação de 389 milhões de dólares em impostos pelo Governo Federal.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail