Home > Notícias

Presidente da Petrobras defende blog da estatal

Sérgio Gabrielli fala em transparência e diz que blog Fatos e Dados, alvo de polêmica, divulga informações públicas.

Redação do IDG Now!*

09/06/2009 às 9h48

Foto:

O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, saiu a público para defender o blog Fatos e Dados, criado pela estatal para publicar na íntegra respostas dadas a perguntas feitas por jornalistas da mídia brasileira.

A decisão de criar o blog no começo de junho, hospedado na plataforma WordPress e redirecionado a partir do site da Petrobrás, tem como objetivo avançar na transparência sobre seus dados, que são públicos, e melhor divulgá-los.

"Agora as fontes de geração de informação podem chegar diretamente ao público e estamos avançando ao criar mecanismo em que seremos completamente transparentes", afirmou Gabrielli no programa de entrevistas Roda Viva, da TV Cultura, na segunda-feira (08/06).

"O que nós vamos informar aos jornalistas, também vamos informar ao público na íntegra, enquanto os jornalistas vão editá-la, é evidente. E nós a publicaremos na íntegra".

O blog vem causando polêmica tanto entre veículos da mídia estabelecida como entre outros blogs pela divulgação de perguntas feitas por jornais e revistas antes da publicação das reportagens, o que poderia adiantar informações apuradas de maneira exclusiva pelos veículos.

O assunto vem ganhando atenção da blogosfera brasileira desde o final da semana passada, com blogueiros que defendem a postura da empresa, como Idelber Avelar, do blog O Biscoito Fino e a Massa, e outros que contestam a suposta quebra de confidencialidade, como Sergio Leo, do Sitio do Sergio Leo.

Isso fez com que a Associação Nacional dos Jornais (ANJ) classificasse o blog como tentativa "canhestra de intimidar jornais e jornalistas" pela "inaceitável quebra da confidencialidade" presente na relação entre jornalistas e fontes, segundo nota divulgada.

No próprio blog, a estatal respondeu à ANJ afirmando que "a relação entre a Petrobras e os veículos de comunicação que a interpelam é essencialmente pública. Tanto as respostas da Petrobras são públicas quanto as perguntas dos repórteres também o são, ou deveriam ser”.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail