Home > Notícias

Preview: Com as mãos no Halo Wars

Ensemble Studios pretende retomar a popularidade dos games de estratégia com game no ambiente Halo.

Por GamePro/EUA

18/06/2008 às 19h18

dest_150.jpg
Foto:

halo_wars_dest150“Se o Halo Wars obtiver sucesso, não será visto somente como um grande jogo Halo”, diz Harter Ryan, produtor executivo do Ensemble Studios. “Estamos almejando um sucesso maior, para estabelecer o gênero de estratégia no Xbox 360”.

Os games de estratégia em tempo real (RTS, de real-time strategy) sofreram quedas e decepções grandes nos consoles. Um dos motivos é simples, a dificuldade em adaptar uma série de comandos e ações complexas nos controles. O PC, com conectividade em rede e periféricos como mouse e teclado é muito superior.

Mas isso não impede o time da Ensemble, responsável pelos títulos da série Age of Empires. Com o Halo Wars a equipe pretende o impossível: construir um simples, intuitivo e divertido game de estratégia baseado nas forças e limitações do controle do Xbox 360.

Galeria:
> Imagens do Halo Wars

O Halo Wars já se torna algo incomum, pois é o primeiro game Halo não desenvolvido pela Bungie Studios, os criadores da série. Mas a Bungie está deixando sua marca no Halo Wars. A empresa liberou a “bíblia” de Halo, contendo material exclusivo sobre a história e segredos da série.

h_wars_txt1

Na transformação de Halo em um RTS, a Esemble Studios ironicamente devolve a série a seu plano original. Antes do lançamento de Halo, o shooter para Xbox admirado por milhões no mundo, o game foi planejado como um RTS para PC.

gamesshutter_625.jpg

O problema RTS

Reinventar o Halo como um game de estratégia parece ser uma tarefa simples, coloque um Warthog aqui, um bando de Marines ali, um cursor e pronto. Mas a realidade requer um esforço tremendo dos veteranos da Esemble.
++++
halo_wars_dest150O primeiro desafio foi o mais complicado: montar um RTS natural para um controle de console.

“O primeiro passo foi converter o Age of Mythology par funcionar com um controle”, explica Ryan. “Não nos preocupamos com coisas específicas, somente a interface do usuário e o sentido do controle”.

Um dos exemplos da simplicidade da economia de Halo Wars, que não é estruturada em madeira, ouro ou dinheiro, mas sim em recursos chamados de “suprimentos” (supplies). Com um sistema de economia simples, os jogadores podem se concentrar na ação real: construir unidades, estruturas e enviando legiões para a batalha.

Começar uma partida é simples. O game começa com um simples Warthog desarmado, controlado pelo usuário para coletar as caixas de suprimentos. Com algumas caixas coletadas, o jogador pode começar a construir suas tropas em segundos.

h_wars_txt2

Com a produção do Halo Wars, o time da Esemble teve a chance de desenvolver o universo de Halo. As guerras tomarão uma visão mais ampla do conflito entre o United Nations Space Command e o Covenant.

A história da campanha se passa 20 anos antes dos eventos de Halo. Os segredos desta história ainda não foram revelados.
++++
halo_wars_dest150A campanha de Halo Wars levará os jogadores a uma variedade de planetas alienígenas, nunca antes explorados pelos gamers da série. Um dos primeiros é Harvest, um mundo agrícola. Devido ao inverno nuclear induzido pelos Covenant, Harvest agora é gelado. Outro planeta confirmado é Arcádia, um destino tropical.

Movimento

Na maioria dos games RTS, os veículos simplesmente andam e atiram. Os veículos de Halo são bem mais tridimensionais. O Warthog, por exemplo, é uma unidade com manobrabilidade alta e pode evitar inimigos no lugar de destruí-los com sua chaingun.

Para incorporar esses conceitos, os desenvolvedores adicionaram botões de ataque secundário para cada unidade. Pressionando o botão de ataque primário fará os Marines dispararem seus rifles, o secundário faz com que as unidades disparem suas granadas.

Mesmo as Sentinels e torres Forerunner, que guardam as estruturas estão presentes em Halo Wars. Alguns mapas multiplayer contém um “Sentinel shop” que os jogadores podem capturar.

h_wars_txt3

Comandando o Sentinel shop garante um reforço a seu exército, disparando raios em qualquer inimigo que se aproxime demais.

Jogando

A equipe da GamePro manuseou o controle do Xbox 360 em uma partida de quatro jogadores. Apesar de o game estar longe de sua conclusão, ficou evidente de que a atenção da Esemble aos detalhes é grande.
++++
halo_wars_dest150A interface do game parece simples e natural. O direcional analógico esquerdo move a câmera. Um pressionar de botão e são selecionadas unidades e estruturas. Quando seu exército estiver pronto para um ataque, o Bumper esquerdo seleciona todas as suas unidades.

Um menu radial mantém as atividades de sua base, permitindo a ordem de construção de unidades múltiplas para rápida entrega. Um atalho leva o jogador do campo de batalha para suas bases, tornando a gestão do combate muito simples.

Baseados nas seções com o jogo, o estilo de game de Halo Wars é basicamente de soco contra soco. Se o seu inimigo lança ataques com tropas de baixo custo, Flame Marines e Warthogs podem ser um contra-ataque eficiente.

h_wars_txtold

Proposta inicial: Halo da Bungie seria um RTS

Se uma onda de forças aéreas for lançada, Wolverines anti-aéreos, mais tanques Scorpions para protegê-los podem ser construídos rapidamente. Um dos prazeres de Halo Wars é que os fãs da série já sabem como os veículos se comportam, portanto adaptar esse conhecimento em uma estratégia de ação é relativamente simples.

Online

Assim como no Halo 3, o multiplayer é uma das chaves do Halo Wars. A versão final irá suportar seis jogadores na Xbox Live, além de uma variedade de modos como Skirmish e Team Skirmish.
++++
halo_wars_dest150Até o momento a campanha terá suporte para um modo cooperativo entre dois jogadores, liderando duas forças UNSC contra o Covenant.

A Ensemble ainda não está preparada para confirmar o lançamento do Halo Wars, mas um bom palpite é o segundo semestre deste ano. O game não será distribuído para PC. Pela primeira vez, o RTS mais antecipado é exclusivo para um console.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail