Home > Notícias

Primeiras impressões: experimentamos a Samsung Galaxy Camera

Aparelho combina a flexibilidade de um smartphone Android com a qualidade de imagem de uma câmera compacta, mas ainda tem alguns bugs

Nick Barber, IDG News Service

31/08/2012 às 11h57

Foto:

Nota do Editor: é provável que as Galaxy Camera em exposição na IFA estejam rodando software não finalizado, e a instabilidade e lentidão podem ser corrigidos no produto final. Faremos uma análise mais detalhada do produto quando ele chegar às lojas.

Apresentada na última semana durante a IFA, feira de tecnologia que acontece em Berlin até o dia 5 de Setembro, a Samsung Galaxy Camera combina o cérebro de um smartphone Android com o corpo de uma câmera e faz fotos nítidas e coloridas, mas ainda é um tanto lenta sofre com alguns bugs.

galaxycamera-360px.jpg
Samsung Galaxy Camera: corpo de câmera, cérebro de smartphone Android

A ficha técnica é impressionante: um sensor de 16.3 MP e zoom óptico de 21x, tela LCD de 4.8 polegadas, um processador quad-core de 1.4 GHz e A-GPS, 3G, 4G e Wi-Fi. Tudo isso rodando sob o Android 4.1 “Jelly Bean”.

A câmera produz imagens surpreendentemente nítidas mesmo com o zoom máximo de 21x, mas o atraso no obturador é significante. A Samsung diz que a câmera faz imagens “com qualidade profissional”, mas os proprietários de DSLRs irão se incomodar com o tempo que a câmera leva para realmente fazer a imagem depois que apertamos o botão. Em alguns casos, mais do que dois segundos.

galaxycamera_interface-360px.jpg
A interface é quase a mesma de um smartphone

Os fotógrafos irão apreciar os controles manuais integrados ao “modo expert”. E há outros modos como manual, programa e prioridade de abertura e obturador. A interface na tela para seleção de opções deveria imitar os controles no corpo da lente encontrados em câmeras SLR, mas acaba sendo desajeitada e às vezes difícil de usar.

Assim como um smartphone ou tablet Android, a Galaxy Camera tem acesso a todos os aplicativos na loja Google Play. Isto significa que você pode baixar apps para enviar imagens para o Facebook, Twitter, Instagram e outros serviços usando a conexão de dados. Também é possível enviá-las por e-mail ou para uma pasta no Dropbox (a câmera vem com uma conta no serviço gratuita por dois anos, com 50 GB de espaço), ou retocá-las usando um aplicativo de edição incluso.

galaxycamera_zoom21x-360px.jpg
Zoom óptico vai a até 21x

Mas nos poucos minutos em que usei a câmera, ela congelou mostrando a mensagem “Warning unknown error by ErrorCallback”. Foi necessário reiniciar a câmera para que eu pudesse usá-la novamente.

galaxycamera_erro-360px.jpg
Depois dessa mensagem de erro, tive de reiniciar a câmera

A Galaxy Camera chega às lojas no exterior em Outubro. Entretanto seu futuro depende do preço, que ainda não foi anunciado. Embora não existam muitas câmeras que tragam tantos recursos, modelos comparáveis mas sem conexão à internet, como a Sony DSC-HX9V, custam cerca de US$ 330.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail