Home > Notícias

Primeiro notebook da Apple completa 20 anos

Lançado em 1989, o Macintosh Portable pesava 7,2 quilos. Conheça os cinco modelos de notebooks da Apple mais importantes até hoje

Macworld/EUA

23/09/2009 às 12h03

Foto:

O ano de 2009 é a data na qual o Macintosh comemora suas "bodas de prata". Mas, além da festa de 25 anos de existência do desktop da Apple (em janeiro), outra linha de produtos da empresa chega esta semana a uma data importante. Há 20 anos, a Apple mostrou ao mundo seu primeiro computador portátil, o Macintosh Portable.

Custando 6.500 dólares,  com o peso de 7,2 quilos e no formato de uma pasta, o Macintosh Portable não conseguiu realizar o sonho da empresa de laptop perfeito e não recebeu a acolhida que a empresa esperava. Depois de dois anos de tentativas, e de aprender com seus erros, a Apple lançou a série de portáteis PowerBook, família de equipamentos que trouxe mais inovação e influenciou o mercado de notebooks de uma maneira que a Apple jamais imaginaria.

Com o passar dos anos, alguns notebooks Mac foram essenciais para
definir o curso que a empresa tomaria no desenvolvimento de novos
modelos para o mercado de portáteis. Confira abaixo os cinco modelos de
notebooks que mais importantes para a empresa nas últimas duas décadas.

142924-portable-thumb_original.jpg

Macintosh Portable, lançado em 1989

>Veja também: Galeria -  20 anos de notebooks da Apple

5- MacBook Pro

Ano de lançamento: 2006
CPU: 1.83/2.0GHz Intel Core Duo
Preço original: US$ 1.999 a US$2.499

Porque é importante: em 2006, os processadores dos computadores G4 estavam ficando obsoletos. Consumidores da companhia exigiam novos produtos com processadores superiores, mas os novos chips do G5 esquentavam muito e não tinham um tamanho ideal para um notebook. A solução da empresa foi integrar os portáteis com processadores da Intel.

O desempenho foi até quatro vezes melhor, o que manteve a empresa competitiva no mercado de computadores portáteis.

142924-macbookpro_coreduo_original.jpg

MacBook Pro traz processdores Intel

4- PowerBook G4

Ano de lançamento: 2001
CPU: 400/500 MHz PowerPC G4
Preço Original: US$ 2.599 a US$ 3.499

Porque é importante: o PowerBook G4 quebrou o paradigma dos grandes notebooks de plástico, até então dominantes no mercado. O portátil da Apple era construído em titânio e media apenas 2,54 centímetros de espessura, o notebook mais finos da Apple.

Os PowerBooks G4 continuaram a evoluir no decorrer dos anos, mas nenhum deles causou tanto furor como o primeiro modelo lançado em 2001.

142924-tipowerbook_original.jpg

PowerBook G4 era fabricado em titânio

3- iBook

Ano de lançamento: 1999
CPU: 300 MHz PowerPC G3
Preço Original: US$ 1.599

Porque é importante: o iBook trouxe um estilo diferente para a linha de notebooks. Eles eram coloridos. Outro detalhe chamativo para o modelo foi o fato de ser o primeiro do mundo a oferecer o suporte à rede sem fio no padrão 802.11b. Ele vinha com uma antena interna e um slot para conexão AirPort.

A Apple foi a primeira empresa que mostrou para o mundo que a conexão Wi-Fi seria o caminho para o futuro da comunicação. Detalhe curioso: na coletiva de lançamento do equipamento no Brasil, a única unidade disponível foi roubada...

142924-ibookoriginal_original.jpg

iBook foi o primeiro notebook que trouxe rede 802.11b

2- PowerBook 520

Ano de lançamento: 1994
CPU: 25 MHz MC68LC040
Preço Original: US$ 2.270

Porque é importante: o PowerBook 520 revitalizou os notebooks da empresa com uma série de novos recursos. Eles vinham com alto-falantes estéreo e slots para Ethernet e PC Card. Mas, o que fez o modelo marcar época foi o fato de ser o primeiro notebook do mundo com um trackpad sensível ao toque, no lugar da trackball.

142924-powerbook520_original.jpg

Trackpad sensível ao toque começou no PowerBook 520

1- PowerBook 100

Ano de lançamento: 1991
CPU: 16 MHz MC68HC000
Preço Original: US$ 2.500

Porque é importante: a linha do PowerBook 100, juntamente com os sucessores 140 e 170, marcaram a chegada da vencedora linha PowerBook de portáteis da Apple, que dominou as vendas da empresa até sua transição para os processadores Intel, em 2006. O PowerBook 100 superou três grandes problemas apontados pelos críticos do Macintosh Portable (1989): tamanho, peso e preço.

142924-powerbook100_original.jpg

Powerbook 100: chip de 16 Mhz

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail