Primeiro teste de aeronave autônoma no Brasil será promovido pela Embraer

O processo ocorreu na cidade de Gavião Peixoto, no interior e São Paulo

Foto: Divulgação
https://pcworld.com.br/primeiro-teste-de-aeronave-autonoma-no-brasil-sera-promovido-pela-embraer/
Clique para copiar

Com robótica autônoma e inteligência artificial, a Embraer e a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) se uniram para conduzir o primeiro teste de aeronave autônoma no Brasil. A iniciativa bem-sucedida possibilitou que um protótipo realizasse, sozinho, a operação de taxiamento por um trajeto previamente estabelecido e sem nenhuma interferência humana.

O processo para a execução do teste durou seis meses, nos quais os pesquisadores, tanto da empresa quanto da universidade, trabalharam em modelos matemáticos e computacionais de automação, desenvolvimento de softwares, hardwares, kit de sensores e laser, GPS, câmeras e integração dos sistemas na plataforma aeronáutica. “Nossa estratégia de desenvolvimento tecnológico em sistemas autônomos busca posicionar o país na vanguarda dos processos de inteligência artificial em diversas aplicações”, disse Daniel Moczydlower, vice-presidente executivo de Engenharia e Tecnologia da Embraer.

O sistema autônomo de navegação terrestre foi testado em um simulador durante avaliações preliminares antes da operação real. Depois de pronto, a tecnologia conduziu a aeronave pela pista de decolagem, área de táxi e pátio – tudo isso na Unidade da Embraer de Gavião Peixoto, interior de São Paulo. Só foi necessário que um piloto acompanhasse, da cabine de comando, todo o processo, para garantir que nenhum problema grave fosse desencadeado a partir de uma possível intercorrência.

O sistema integrado de inteligência artificial monitorou as condições externas e internas da aeronave, atuando de forma independente nos comandos de aceleração, direção e frenagem, e executou com precisão a movimentação pelo trajeto indicado. A plataforma aeronáutica do teste reuniu funcionalidades do sistema IARA (Intelligent Autonomous Robotic Automobile), resultado de uma pesquisa na área de carros autônomos que teve início em 2009, no Laboratório de Computação de Alto Desempenho (LCAD) da Ufes.

“Este sucesso demonstra a excelência do que vimos desenvolvendo na Ufes nestes últimos 10 anos nas áreas de veículos autônomos e inteligência artificial. Ele nos coloca mais uma vez na vanguarda científica nestas áreas no nível mundial. Fazer tudo isso em parceria com a Embraer nos enche de orgulho e satisfação”, comemorou o professor Alberto Ferreira de Souza, coordenador do projeto.

Incentivadora da iniciativa aberta, a Embraer mantém, também, parcerias com outras dezenas de universidades e centros de pesquisa no Brasil e no exterior, com destaque para a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), as Fundações de Amparo à Pesquisa dos estados de Santa Catarina, São Paulo e Minas Gerais (Fapesc, Fapesp e Fapemig, respectivamente) e a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii).

Relacionadas

Homem deixa iPhone 6s cair de avião. E mesmo assim aparelho sobreviveu

É teste de resistência que você quer?

5 dicas para encontrar passagens de avião mais baratas na internet

Para economizar e encontrar o seu destino favorito por um preço menor

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site