Home > Notícias

Problema em servidor DNS espalha na web censura adotada pela China

Ao resolver endereços web em servidor DNS chinês, serviços como Twitter e YouTube foram bloqueados nos Estados Unidos e Chile.

Robert McMillan, do IDG News Service

26/03/2010 às 8h57

Foto:

Um erro de rede fez computadores do Chile e dos Estados Unidos ficarem sob controle do "Grande Firewall da China", nome dado aos controles do governo local para filtrar conteúdo da web, redirecionando serviços como Twitter, Facebook e  YouTube  para servidores chineses.

Especialistas de segurança ainda não estão certos de como isso aconteceu. Ao que parece, pelo menos um provedor de internet começou buscar por informações de  DNS de alto nível no que é conhecido como servidor DNS raiz ,baseado na China. O servidor, operado de fora da China por um provedor sueco, retornou informações de DNS criadas para usuários chineses, o que levou a ampliação das políticas usadas naquele país para outras localidades.

O problema foi relatado na quarta-feira (24/3) pelo administrador de DNS da NIC Chile, Mauricio Ereche, que descobriu que um provedor local avisava que tentativas de acesso a sites como Facebook.com, Twitter.com e YouTube.com eram redirecionadas para endereços bloqueados.

Não está claro como o problema se espalhou. Ereche informa que pelo menos três pontos de acesso no Chile e um na Califórnia estavam enfrentando a mesma falha e que na quinta-feira (25/3) o problema deixou de acontecer. “Ao que tudo indica, não estamos mais acessando os servidore de DNS na China", escreveu ele em um post de um grupo de discussão.

A falha ocorreu porque, de alguma forma, pelo menos um provedor de internet direcionou pedidos de DNS para um servidor chinês, de acordo com especialistas de rede. Isso é algo que não deve acontecer, pois o tipo de censura adotado na China pode "vazar" e contaminar outros servidores.

 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail