Home > Notícias

Produtos que a Apple deveria lançar agora

A empresa está perdendo uma grande oportunidades de aumentar sua importância e de crescer em áreas como netbooks e computadores corporativos

PC World/EUA

02/06/2009 às 15h02

Foto:

Embora a Apple tenha crescido sua participação nas vendas de sistemas operacionais desde o lançamento do Windows Vista, em novembro de 2006, seu chamado market share continua abaixo dos 10%, e até caiu no primeiro trimestre de 2009 na venda de computadores, segundo o Gartner.

Para muitos, é fácil perceber que as falhas do Vista dão motivos para que os usuários olhem para o Mac. O sistema OS X se tornou robusto, confiável e com funções importantes.  A Apple se concentrou em focar no desenvolvimento de seu sistema para profissionais que editam áudio, vídeo e trabalham com artes gráficas. Basicamente é um sistema para quem pode pagar um pouco mais por algo melhor.

Mas a companhia de Steve Jobs ainda tem sido modesta, em linhas gerais. É difícil criticar uma empresa que faz um bom trabalho com 10 por cento do mercado consumidor – resultando em fortes margens de lucro -, mas gostaríamos de ver a Apple alcançando os 25%, 30% de usuários.

Para que isso aconteça, sugerimos que a Apple desenvolva alguns importantes produtos.
1. Netbook – Steve Jobs disse que não sabe como fazer um bom computador por menos de 500 dólares. Se Acer e a Asus conseguem fazer um bom pacote por 300 dólares, certamente a Apple é capaz de vender um por 500 dólares e ainda manter margem de lucro. Eles poderiam adicionar recursos como tela sensível ao toque e que identifica gestos e funções completas semelhante às  do sistema OS X. Os consumidores certamente pagariam de 600 e 700 dólares numa boa. As pessoas querem produtos assim.

Em vez disso, temos apenas rumores de um iPod touch maior com preços absurdos. Quem quer um produto como esse? A única coisa interessante é que podemos carregar aplicações em nosso bolso.  Para um dispositivo que tenha tela de 8 a 10 polegadas, eu quero teclado e sistema OS completo (um que realmente funcione com Flash).

2. Desktop de médio porte – Os usuários de computadores Apple têm apenas duas escolhas para fazer; ou você compra um com baixa potência, e ainda com preço acima do que deveria ser, como o Mac Mini, ou os computadores potentes, com preços mais altos ainda da linha Mac Pro. Há milhares de pessoas que buscam computadores de médio porte, nos quais possam usar o monitor que quiserem, trocar a placa de vídeo, adicionar outras unidades, etc. A Apple poderia vender um modelo a partir de 1.200 dólares e muita gente iria comprar.

3. Notebook corporativo – a Apple poderia ter realmente dado um salto no mercado com seu sistema operacional, mas ao invés disso, preferiu uma estratégia para ter lucros mais rápidos. Ela não se dispôs a fazer transformações bruscas em seus produtos existentes ou a  ser mais agressiva nas vendas com preços menores para uma grande parcela da população. Eles poderiam ter uma influência maior e maiores lucros nos próximos anos, com produtos com um notebook corporativo.

Agora pode até ser tarde. Eu não quero dizer que a Apple não será um sucesso ou não terá lucros no mercado. É apenas uma janela de oportunidade que se fecha. O Windows 7 está chegando. Até agora as pessoas estão empolgadas com seu lançamento. Ele promete muitas melhorias aos usuários do Vista. Entre elas está a facilidade de uso e o desempenho.

Por fim, o Windows 7 pode não ser melhor que o OS X. Mas ele não foi feito para ser mesmo.  Basta que seja bom. E, dessa forma, mais uma chance para crescer no mercado de computadores pode se perder. A Apple pode fazer melhor.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail