Home > Notícias

Produzir Blackberry Storm sai mais caro que fabricar iPhone

Peças do Blackberry Storm custam mais caro do que o preço do celular nas prateleiras da operadora norte-americana Verizon, segundo o iSuppli.

Macworld/EUA

30/01/2009 às 18h29

Foto:

O Blackberry Storm da RIM – que tem tela sensível ao toque – foi apontado como um rival em potencial do iPhone quando saiu no ano passado. Mas quando o iSuppli abriu o Storm, descobriu que o custo dos seus componentes não é apenas maior que o custo do próprio aparelho em uma loja Verizon, mas é maior do que o custo do iPhone.

A soma dos materiais do Storm chega a 202,89 dólares; o Storm em si tem preço sugerido de 250 dólares, mas está sendo vendido com um desconto de 50 dólares pela Verizon. O iSuppli disse que o iPhone 3G, ao mesmo tempo, custa aproximadamente 174,33 dólares em componentes.

É claro que um desmanche só vai mostrar o preço da parte material – não diz nada sobre desenvolvimento de software, pesquisa e desenvolvimento, marketing etc. E mais, segundo a iSuppli, o subsídio da operadora dificulta saber qual o valor exato de cada aparelho.

Interessante pensar que mesmo que o Storm e o iPhone pareçam, à primeira vista, ter as mesmas peças – LCD touchscreen, câmera, chips de celular, memória flash, GPS – a Apple parece estar com a vantagem de tirar mais lucro de cada aparelho do que a RIM (é claro que também é difícil descobrir que tipo de acordos cada fabricante tem com os vendedores de componentes).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail