Home > Notícias

Programador de Mac tem mais chance de escapar de demissão

Estudo diz que, mesmo que planos de cortes tenham aumentado, programadores Mac, C, C++ e C# são cargos que menos sofrerão com demissões.

IDG News Service/EUA

03/02/2009 às 10h24

Foto:

Ainda que as incertezas econômicas tenham feito que 38% das companhias admitam planos de demitir durante 2009, algumas habilidades profissionais continuam quentes, de acordo com estudo divulgado pela consultoria de empregos Veritude nesta segunda-feira (02).

O estudo, feito no quatro trimestre de 2008, mostra que os planos de contratação das empresas foram amplamente abortados nos últimos meses. Segundo a análise, no segundo trimestre de 2008, os planos de demissões atingiam apenas 4% das companhias.

O novo estudo mostra também que apenas 38% das companhias pretendem contratar, queda em relação aos 52% da análise anterior.

Mesmo com o aumento no número das empresas que planejam demitir, muitas afirmam que as demissões são pontuais - 22% disseram que eliminarão entre 1% e 5% da mão de obra, afirmou a Veritude.

Empregados que entendam de plataformas de business intelligence e dominem programação em C, C++ e C# deverão sobreviver à falta de vagas no mercado de maneira mais fácil que os demais, diz o estudo.

Quem programa para a plataforma Mac também deverá ter chances, na contramão das demissões do setor: 17% das empresas procurarão desenvolvedores Mac, contra apenas 5% no estudo anterior.

A demanda por arquitetos corporativos, no entanto, caiu significativamente, indicando que ou as companhias estão relutantes em pagar os altos salários que tais profissionais pedem ou desistindo de planejamentos em longo prazo.

Enquanto isto, a porcentagem dos respondentes que pretendem trabalhar empregados temporários que poderão ser efetivados posteriormente saltou de 27% no estudo anterior para 56% no mais recente, o que sugere que a volta dos empregos deverá ser gradual e não garantida.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail