Home > Notícias

“Project Unity” combina mais de 15 consoles clássicos em um só

“Super console” levou três anos para ser construído, com um custo de mais de R$ 2.000 em peças

Kevin Lee, TechHive

16/04/2013 às 12h17

Foto:

O “modder” Bacteria, conhecido como um mestre na modificação de consoles de videogame, anunciou recentemente que completou um projeto para criar o “console definitivo”, batizado de “Project Unity”. Como sugere o nome, a caixa é a união de mais de 15 consoles clássicos em um só, entre eles o Master System, Mega Drive, Neo-Geo MVS, Gamecube, Dreamcast, Saturn, Intellivision, Colecovision, Atari 7800, Turbografx 16, PlayStation 2, NES, Super NES, Gameboy Advance, Nintendo 64 e o obscuro Amstrad GX4000.

E não se trata de um PC cheio de emuladores. Dentro da caixa estão as placas-mãe originais de cada console, ou seja, o Project Unity funciona com os cartuchos ou CDs originais de cada sistema. Tudo é ligado à TV através de um único cabo SCART e alimentado através de duas fontes de alimentação do Nintendo Gamecube conectadas em paralelo e ligadas a circuitos reguladores de voltagem específicos para cada console.

Para controlar o sistema Bacteria desenvolveu um “gamepad” sob medida, onde são conectados circuitos de controle específicos para cada console, armazenados dentro de velhos cartuchos de NES. Para jogar um jogo de Saturn, por exemplo, basta conectar o “cartucho” Saturn ao controle e ligar o console.

Segundo Bacteria, o Project Unity é resultado de três anos de trabalho e custou aproximadamente £700 (pouco mais de R$ 2.100) em peças, sem contar a mão de obra. Um vídeo de 17 minutos, que você pode assistir abaixo, tem mais detalhes sobre a construção e funcionamento do console.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail