Home > Notícias

PS3 pode chegar a 50 milhões de unidades vendidas no início de 2011

Atualmente na casa dos 41 milhões, Sony confia em uma ótima performance do console nas festas de fim de ano para atingir a marca.

IDG News Service

22/12/2010 às 15h10

Foto:

O Playtation 3 caminha para um recorde de vendas no ano fiscal de 2010, disse o diretor do setor de games da Sony nesta quarta-feira (22/12).

Já o presidente da empresa, Kaz Hirai, afirmou que, se o ritmo se mantiver, a meta acordada para o período de abril de 2010 a março de 2011 - 15 milhões de unidades comercializadas - será atingida. Desta forma, o console chegaria à marca de 50 milhões, desde o seu lançamento, em 2006 – considerando que em setembro esse índice estava em 41,6 milhões, a Sony se mostra confiante em uma ótima performance nas festas de fim de ano.

O Playtation 3 foi, por alguns anos, um produto deficitário – a Sony dependia da venda de games para cobrir as perdas com o hardware. Ele só passou a dar lucro a partir de 2009, quando iniciou um novo processo de produção. O aprimoramento da tecnologia de fabricação de chips foi essencial, pois permitiu a unificação dos componentes, a redução do tamanho do aparelho e a redução do preço final.

Move
As vendas do console foram impulsionadas com o lançamento do Move – seu joystick com sensor de movimento – , em setembro. Até o fim de novembro, foram comercializadas 4,1 milhões de unidade do controle.

Além disso, recentemente o software do Playstation 3 foi atualizado e passou a suportar games e filmes, Blu-ray, em 3D. A Sony também espera convencer os usuários dos aparelhos que estão conectados à Internet – cerca de 80% - a adquirirem conteúdos exclusivos, de jogos a serviços de vídeo sob demanda, disponíveis em muitos países, mas não no Brasil.

Também nesta quarta-feira, a Sony anunciou um recurso de música por streaming para o console, provido pela  Qriocity. Por enquanto está disponível só para internautas do Reino Unido e da Irlanda. Em breve deverá ser levado para Austrália, França, Alemanha, Itália, Nova Zelândia e Estados Unidos.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail