Home > Notícias

Psystar deve 75 mil dólares para a Apple, que não revela o motivo

A empresa fabricante de máquinas clones da Apple pode não ter pago 581 cópias do sistema operacional Mac OS X Lepard.

Gregg Keizer, do Computerworld/EUA

12/06/2009 às 11h12

Foto:

O documento referente ao processo de falência da
Psystar mostra que a empresa deve 75 mil dólares à Apple. O valor está descrito sob a rubrica "Pendências litigiosas" (Litigation Pending).

Procurada nesta quinta-feira (11/6), a porta-voz da Apple, Susan Lundgren, se recusou comentar sobre o que a dívida representava para a empresa, mas disse que o caso seria estudado.

A Psytar foi processada pela Apple no ano passado por violação de direitos autorais na venda de clones de máquinas Mac.

Não se sabe ao certo o motivo da dívida. Em janeiro deste ano, a Apple abriu novo processo contra a fabricante pelo uso do Mac OS X em máquinas da Psystar. A empresa alegou, contudo, que havia comprado as cópias do software.

"A Psystar está vendendo máquinas com cópias legítimas do Mac OS X instaladas, muitas compras diretamente da Apple", afirmou a Psystar na época.

É provável que parte deste valor seja referente a pedidos feitos pela Psystar. Na tabela atual, cada licença do Mac OS X (Leopard) custa 129 dólares, o que daria um total de 581 cópias do sistema operacional.

Protegida pela lei de falências dos Estados Unidos (Chapter 11), a Psystar deve cerca de 334 mil dólares para várias empresas além da Apple, como o escritório de advocacia Carr & Ferrell, empresas transportadoras e fornecedores de componentes.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail