Home > Notícias

Qualcomm revela seu chip mais rápido, o Snapdragon 810

Chip tem 8 núcleos tem arquitetura de 64-Bits, é capaz de reproduzir vídeo em 4K e tem uma GPU até 30% mais rápida que os modelos atuais.

Agam Shah, PCWorld EUA

07/04/2014 às 13h56

Snapdragon_Abre-435px.jpg
Foto:

A Qualcomm anunciou nesta segunda-feira seu “mais poderoso” SoC (“System on a Chip”, sistema em um chip) para smartphones e tablets, o Snapdragon 810. Baseado em uma arquitetura de 64-Bit, o chip é capaz de reproduzir vídeo em 4K, tem suporte à tecnologia LTE Advanced (uma forma ainda mais rápida de 4G) e poderá rodar uma futura versão de 64-Bit do sistema operacional Android.

Segundo a fabricante, aparelhos com o novo chip chegarão ao mercado na primeira metade do ano que vem, e serão mais rápidos e eficientes do que aqueles usando chips atuais. Processadores da família Snapdragon são usados em vários aparelhos Android e quase todos os com o Windows Phone.

O Snapdragon 810 vem recheado com as mais novas tecnologias da Qualcomm em telecomunicações e gráficos. A GPU é capaz de reproduzir vídeo em 4K (3840 x 2160 pixels) a 30 quadros por segundo, ou vídeo em 1080p a 120 quadros por segundo. Também há um modem integrado com suporte a redes baseadas na tecnologia LTE (4G) e sua sucessora, LTE-Advanced.

O 810 também é um dos primeiros processadores para sistemas móveis com suporte a memória LPDDR4 de baixo consumo, que possibilita melhor desempenho com menor uso de energia. E a arquitetura de 64-Bit permitirá a criação de aparelhos com mais de 4 GB de memória, o limite das atuais arquiteturas de 32-Bit, o que pode beneficiar especialmente os tablets.

O chip octa-core tem uma mistura de quatro núcleos baseados na arquitetura ARM Cortex-A57, de alto desempenho, e quatro ARM Cortex-A53, de baixo consumo, usados em tarefas mais “mundanas” como chamadas, mensagens e reprodução de músicas. Os múltiplos núcleos permitem o uso mais eficiente de energia, o que ajuda a ampliar a autonomia de bateria de dispositivos móveis.

A Qualcomm também anunciou o Snapdragon 808, um SoC de 64-Bit com seis núcleos. Ambos os chips estarão entre os primeiros produzidos em um processo de manufatura de 20 nanômetros, mais avançado que o processo de 28 nanômetros usando atualmente, que permite a criação de chips menores, que consomem menos energia e produzem menos calor.

Snapdragon810_Diagrama-450px
Diagrama de blocos do Snapdragon 810

A empresa deve agora aguardar que a Google lance uma versão de 64-Bit do Android para dispositivos baseados na arquitetura ARM. A Intel já demonstrou uma versão de 64-Bit do sistema rodando em aparelhos com seus processadores da família Merrifield, de arquitetura x86, mas a ARM é a arquitetura usada na vasta maioria dos processadores para dispositivos móveis.

Os trabalhos para a criação de uma versão de 64-Bit do Android já estão em andamento, e aplicativos como o navegador Google Chrome já estão sendo desenvolvidos para o sistema. A Google não comenta oficialmente quando a versão de 64-Bit do Android será lançada, mas observadores da indústria acreditam que ela poderá ser anunciada durante a conferência Google I/O, no final de junho.

O Snapdragon 810 tem suporte ao padrão HDMI 1.4 para saída de vídeo em 4K, e sua GPU Adreno 430 tem desempenho gráfico 30% melhor, e é 20% mais eficiente no consumo de energia, que a Adreno 420. Segundo a Qualcomm também há suporte integrado para sensores de imagem de até 55 MP. Outros recursos integrados incluem suporte a redes Wi-Fi no padrão 802.11ac, Bluetooth 4.1 e um núcleo extra, dedicado a serviços de localização.

Já o Snapdragon 808 tem desempenho um pouco inferior ao 810, e menos recursos integrados. Há suporte à tecnologia LTE-Advanced, mas só pode controlar telas com resolução máxima de 2560 x 1600 pixels, e a memória usada é LPDDR3, com menos desempenho. O chip tem duas CPUs Cortex-A57 e quatro Cortex-A53.

Ambos os chips começarão a ser entregues aos fabricantes de aparelhos para testes na segunda metade deste ano.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail