Home > Notícias

Quando veremos, afinal, o tablet da Amazon?

Provável competidor do iPad nasceria com o apoio de uma estrutura online gigante de e-commerce.

Jared Newman, da PC World/EUA

23/03/2011 às 13h28

Foto:

A batalha entre Amazon e Apple pela supremacia online subiu
de tom com o lançamento da Amazon Appstore for Android – e poderá se tornar
ainda mais quente caso a Amazon decida combater o iPad com seu próprio tablet
Android.

Mesmo antes de a Amazon construir sua Appstore, as duas empresas já
competiam em música, vídeo e e-book. Agora, jornalistas e analistas especulam
que a Amazon poderá criar um tablet que poderia roubar potenciais compradores do iPad.

A analista da Forrester, Sarah Rotman Epps, ajuda a manter a brasa
acesa: “A Amazon poderia criar um tablet sedutor, com Android ou Linux, para
oferecer fácil acesso à loja da Amazon (incluindo sua Appstore) e a seus
recursos exclusivos, como a compra em um clique, o serviço Amazon Prime e suas
ferramentas de recomendações”, escreveu.

Sarah ressaltou que a Amazon poderia vender um tablet “a um
custo baixo e fazer dinheiro com a venda de conteúdo, tal como faz com o Kindle”.

Dan Frommer, do Business Insider, traçou uma conclusão
semelhante, ressaltando que o site de varejo da Amazon é um veículo massivo de
distribuição que já está aí, pronto para ser explorado. “Isso permitiria à empresa vender tablets a preços
menores porque não tem intermediários”, afirmou.

Grande avanço
Há também uma especulação interessante de Desire Athow, do
ITProPortal, que acha que a Amazon está esperando por um grande avanço
tecnológico para lançar seu tablet. “Este avanço, acreditamos, virá por meio da
Qualcomm e sua tecnologia Mirasol”, acredita Desire, referindo-se a um tipo de
tela colorida refletiva que ainda não está no mercado.

Há pouco tempo, a Fast Company informou que a Qualcomm
investiu 2 bilhões de dólares em uma nova fábrica para produzir as telas,
graças a um misterioso “grande cliente”.

Rumores de um tablet da Amazon têm circulado há meses. Em
agosto, a Amazon passou por uma onda de contratação de engenheiros, e o New
York Times informou que um novo hardware poderia estar a caminho.

Em setembro, o TechCrunch informou que a Amazon poderia
lançar um tablet simultaneamente a sua Appstore. Este mês, o Times apurou a
existência de mais vagas de emprego, sugerindo que a Amazon tem estado à
procura de desenvolvedores Android para um Kindle baseado no sistema.

Isso tudo leva Jeff Bertolucci, da PC World/EUA, a concluir
que a Amazon deverá, enfim, lançar seu tablet. “Os usuários do tablet da Amazon
terão uma variedade de conteúdo disponível a partir de seu fornecedor de
hardware, um modelo de negócios similar ao do ecossistema da Apple. (Mas,
diferentemente dos usuários de iPad, os clientes dos tablets da amazon poderiam
facilmente comprar conteúdo de outras fontes.)”.

O burburinho no ar me faz lembrar dos rumores sobre o tablet
da Apple que começaram a pipocar em meados de 2009. Com muito pouco de
concreto, não espere que a Amazon vá lançar um tablet Android no curto prazo.
Espere, sim, o surgimento de mais rumores e especulações à medida que tentemos
adivinhar quando a Amazon vai mesmo embarcar nessa fervura que é o mercado de
tablets.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail