Home > Notícias

Quarto aplicativo é retirado da App Store sem explicações

Após o desaparecimento do NetShare, Box Office e “I Am Rich”, aplicativo Slasher também sai de cena na App Store.

Macworld/EUA

11/08/2008 às 10h01

Foto:

Há um “serial killer” à solta e ele está escolhendo aplicativos do iPhone um por um. O “criminoso” já havia feito três vítimas: NetShare, Box Office e “I Am Rich” - agora, a mais recente: o Slasher.

O aplicativo desapareceu. Seu último paradeiro conhecido foi na “vizinhança” da App Store, o mesmo local onde os outros três aplicativos foram vistos pela última vez.

Possivelmente, o “serial killer” em questão, cujo nome, dizem fontes confiáveis, rima com Snapple, pretende despistar com seu último movimento inspirado no seriado de TV "Dexter". Slasher não era nada além de um aplicativo gratuito que mostrava a imagem de uma faca e tocava um som “assustador” quando o usuário movimentava bruscamente o celular.

>>>Leia Também: 
'I Am Rich' sai de cena na App Store
App Store: primeiras impressões
iPhone 3G não desaponta

O desenvolvedor Josef W. Wankerl lamentou o desaparecimento do seu aplicativo. Enquanto autoridades não deram nenhuma explicação inicial sobre o porquê a mira do “serial killer” se voltou ao Slasher, eles disseram que o conteúdo do aplicativo poderia ser considerado “censurável”, citando algumas pequenas regras:

slasherAs aplicações não podem conter nenhum conteúdo obsceno, pornográfico, ofensivo, difamatório ou materiais de qualquer tipo (textos, gráficos, imagens de pornografia etc) ou outros conteúdos ou materiais que a Apple julgue ser censurável aos usuários de iPhone ou iPod touch.

É claro, existem mais questões do que as respondidas. Por exemplo, se o conteúdo do Slasher era censurável, o que ele estava fazendo na App Store em um primeiro momento? E como o “serial killer” conseguiu tirar todos os rastros? Especialmente quando seus métodos poderiam ser considerados quase arbitrários?

O desenvolvedor apelou para que as autoridades expliquem precisamente qual parte é “censurável. Seria possível descobrir o que aconteceu com o NetShare, BoxOffice e I Am Rich? Ou será que ficarão somente mais dúvidas sobre os motivos misteriosos do “serial killer”?

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail