Home > Notícias

Queda na Bovespa afeta papéis de empresas brasileiras de tecnologia

Papéis dessas empresas na Bovespa tiveram queda média de 8% em seu valor. Ações da B2W caíram mais, 16,49%.

Redação do Computerworld

29/09/2008 às 18h59

Foto:

A rejeição do pacote de ajuda às instituições financeiras pelo Congresso norte-americano teve seus efeitos também no mercado brasileiro e nas empresas locais de tecnologia. Além da alta do dólar, a Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) fechou o pregão da segunda-feira (29/09) com queda de 9,36%, enquanto as companhias de tecnologia listadas na bolsa tiveram queda média de 8% no valor de suas ações.

A campeã na queda foi a B2W, empresa que reúne as operações online do Submarino e da Americanas, com menos 16,49% no valor de mercado. No fechamento desta terça-feira (29/09), cada ação da companhia estava cotada a 40,50 reais. Em seguida veio a Bematech, com perdas de 10,92% e ações cotadas a 5,30 reais cada.

Na outra ponta estavam empresas ligadas a internet. O UOL apresentou perdas de 2,87% e teve cada uma das ações cotadas a 7,09 reais, enquanto a Ideiasnet fechou o dia com perdas de 2,94% e cada uma de suas ações cotada a 3,95 reais.

Na média, as empresas de TI listadas na Bovespa tiveram perdas de cerca de 8%. A Totvs, que havia sobrevivido à primeira queda da bolsa, fechou o dia com valor de mercado 8,02% menor, com cada ação cotada a 46,40 reais. A fabricante de computadores Positivo apresentou perdas de 8,13% e terminou o dia com ações cotadas a 7,45 reais cada. Fechando a lista, a Itautec teve queda de 8,78% no valor de suas ações, que fecharam o dia custando 36,02 reais cada.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail