Raspberry Pi 4 tem suporte a 4K e até 4 GB de RAM a partir de US$ 35

Versão mais recente do Pi possui núcleos Cortex A72, mais RAM e a capacidade de executar duas telas com resolução 4K simultaneamente

Foto: Raspberry Pi
https://pcworld.com.br/raspberry-pi-4-tem-suporte-a-4k-e-ate-4-gb-de-ram-a-partir-de-us-35/
Clique para copiar

Não se deixe enganar pelo seu tamanho ou preço: o Raspberry Pi 4, que está sendo lançado nesta segunda-feira (24), promete potência suficiente para rodar duas telas 4K de uma só vez e possui uma memória RAM maior e melhor. Na verdade, ele é tão poderoso que a fundação responsável pelo dispositivo diz que o P4i é bom o suficiente para ser um “computador desktop completo”.

A versão mais recente do Raspberry Pi está disponível em variantes de 1 GB, 2 GB e 4 GB de RAM. Essa é a primeira vez que vimos várias versões do mesmo modelo Raspberry Pi, e a primeira vez que teve tantas versões de RAM. Os preços começam com os usuais US$ 35, para a versão de 1 GB de RAM, com a versão de 2GB custando US$ 45, e a de 4GB a US$ 55.

Aqui estão as especificações básicas do Raspberry Pi 4:

  • SoC: system-on-chip Broadcom BCM2711 de 64 bits com quatro núcleos de CPU ARM Cortex-A72 com clock de 1.5 GHz
  • CPU: 4x ARM Cortex-A72, 1,5 GHz
  • RAM: SDRAM LPDDR4 de 1 GB, 2 GB ou 4 GB
  • Rede: Wi-Fi de 2.4 GHz e 5 GHz 802.11ac
  • Multimídia: HEVC / H.265 (descodificação 4kp60); AVC / H.264 (codificação 1080p60, codificação 1080p30), gráficos OpenGL ES 3.0
  • Bluetooth: Bluetooth 5.0
  • Armazenamento: microSD
  • GPIO: cabeçalho de 40 pinos, preenchido
  • Portas: 2 x micro-HDMI, 2 USB 3.0, 2 USB 2.0, Interface serial de câmera MIPI de duas pistas (CSI), Interface serial de exibição MIPI de duas pistas (DSI), conector de áudio-vídeo analógico de 3.5 mm

O novo Raspberry Pi tem demandas de energia maiores do que seus predecessores. A versão 4 requer um carregador de 5 volts com 3 amperes em vez dos 2.5A que os dois anteriores fizeram. O RPi 4 também atualiza para USB-C para energia ao invés de micro USB, enquanto opções de cabeçalho GPIO e Power over Ethernet (PoE) permanecem.

A capacidade de conduzir dois monitores 4K simultaneamente em um PC tão pequeno é um feito notável, e estamos ansiosos para testar esse recurso para ver como o Pi 4 se comporta.

O Raspberry Pi 4 também atualiza seus núcleos SoC para Cortex-A72 versus o Cortex-A53 no Raspberry Pi 3 B+. A Fundação Raspberry Pi diz que o Pi 4 tem três vezes mais poder de processamentoem comparação com o Pi 3 B +. O novo SoC também mantém o heatspreader que vimos pela primeira vez no Pi 3 B+ para reduzir o afogamento e manter velocidades de clock maiores.

A opção de ir até 4 GB de RAM (usando LPDDR4 em vez de LPDDR2, não menos) também deve fazer essa placa vibrar com tarefas de produtividade, como edição de fotos e vídeos. Streaming também deve melhorar drasticamente em Raspbian, e jogos com Minecraft Pi Edition devem ser muito melhores do que agora. Você também notará nas especificações que o novo Raspberry Pi 4 é classificado para o verdadeiro Gigabit Ethernet desta vez, em vez do “pseudo-Gigabit” do Pi 3 B +. A conexão física com a Internet no Pi 3 B+ foi prejudicada pela conexão em uma única ponte USB 2.0.

Tudo somado, esse novo Pi soa como uma grande e pequena máquina, especialmente se você desembolsar pela RAM extra. Já estávamos perto de chamar o Pi de um verdadeiro computador de mesa de nível básico com o Raspberry Pi 3 e o Pi 3 B +. Agora, com a capacidade de executar duas telas 4K, um processador melhor e mais opções de RAM, ele pode realmente chegar lá, então não podemos esperar para ver como essa pequena placa lida com as demandas das tarefas diárias.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site