Home > Notícias

Raspberry Pi anuncia novo ‘Model B+’, ainda menor, com mais portas, por US$ 35

A fundação Raspberry Pi anunciou hoje a terceira versão do seu minúsculo computador que agora inclui entradas USB para teclado e mouse, porta Ethernet, slot para cartão SD e porta HDMI

Da Redação

14/07/2014 às 12h35

raspberry b novo 520.jpg
Foto:

A fundação Raspberry PI, do Reino Unido, criadora do minúsculo computador que leva o seu nome, anunciou hoje a terceira versão da sua CPU, batizada de "Model B+" que vai custar os mesmos 35 dólares dos modelos anteriores.

A placa, que já era pequena - do tamanho de um cartão de crédito - ficou ainda menor, e ganhou mais recursos para adicionar acessórios e conectar-se a outros dispositivos, abrindo espaço para projetos ainda mais versáteis. A placa agora inclui duas entradas USB para teclado e mouse, porta Ethernet, slot para cartão SD e porta HDMI para conectar-se à TV ou a um monitor.

O Raspberry Pi Model B+ é a terceira versão do computador que, segundo a fundação, já vendeu ao todo 3 milhões de unidades desde seu lançamento, em 2012. O anúncio foi feito no blog oficial da Raspberry por seu fundador, Eben Upton, que também é CEO do time de engenharia da Raspberry Pi.

 

 

Upton explica em seu post que desde que criaram o Raspberry Pi Model B, "falamos sobre a nossa intenção em revisar o hardware para incorporar pequenas melhorias que as pessoas vinham cobrando". Portanto, segundo Upton, "a nova placa não é um 'Raspberry Pi 2', mas sim a evolução final do Raspberry Pi original, que já está disponível imediatamente para compra pelo mesmo preço de US$ 35".

O Raspberry Pi Model B+ roda uma variante do sistema operacional Linux. O novo projeto da placa também tem menor consumo de energia, o que deve facilitar o nascimento de mais projetos de equipamentos que utilizam bateria. A qualidade da saída de áudio também foi melhorada e a placa pode trabalhar com mais adicionais de hardware, como câmeras e microfones.

Segundo o fundador da Raspberry, a placa original Model B continuará disponível. O texto de Upton indica, nas entrelinhas, que um projeto completamente novo do Raspberry Pi pode estar no pipeline da fundação.

A adesão e o interesse pelo Raspberry está acelerando. O primeiro modelo levou um ano para vender 1 milhão de unidades, 9 meses para atingir 2 milhões e seis meses para chegar a 3 milhões de unidades vendidas. 

Interessados na placa podem comprá-la através de dois parceiros da Raspberry, a Element14 e a RS/Allied Components.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail