Home > Notícias

Rede online do Xbox 360 bane jogador que tinha palavra ‘gay’ em perfil

Atendente do SAC da Xbox Live recusou-se a reativar conta mesmo depois de saber que palavra era parte do nome da cidade do usuário, Fort Gay, nos EUA.

GamePro / EUA

08/09/2010 às 15h46

Foto:

A cidade de Fort Gay localiza-se no Estado norte-americano
de Virgínia Ocidental, próximo à divisa com Kentucky. A área começou a ser
povoada em 1789. Sob muitos aspectos, é uma cidade notável. Mas uma localidade
com tal nome pode torná-lo um “sem-conta” no Xbox Live.

De acordo com informe da Associated Press (AP), o jovem Josh
Moore, de 26 anos, notou que sua conta havia sido suspensa pela Microsoft por
violar o código de serviço do Xbox Live. O banimento vigorou por alguns dias.

Apesar de o acesso à conta ter sido restaurado e a Microsoft
ter-se desculpado pela situação, o incidente levanta a questão de quantos
gatilhos a Microsoft construiu em seu sistema para proteger os jogadores de
assédio.

Será que jogadores de cidades com nomes sugestivos como Beaver
(Arkansas), Gayhead (New York), Intercourse (Alabama) ou South Dildo,
Newfoundland e Labrador também correm o risco de serem banidos?

Deixamos mensagens pedindo esclarecimentos a Stephen
Toulouse, diretor de políticas do Xbox Live, e esperamos por uma resposta.

De acordo com a AP, Moore tentou explicar à Microsoft que
Fort Gay é, de fato, uma cidade real. Mas o atendente do SAC da empresa afirmou
que não iria checar a informação e alertou Moore de que, se voltasse a usar “Fort
Guy” em seu perfil, a Microsoft iria cancelar sua conta e não iria devolver sua
taxa de adesão – Moore havia pago por dois anos de serviço.

gamesshutter_625.jpg

Também de acordo com a AP, o problema começou quando um representante
do Xbox Live recebeu uma queixa sobre a conta de Moore. Toulouse revogou a
suspensão quando a questão chegou ao seu conhecimento, informou a AP.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail