Home > Notícias

Relógio Watch2Pay permitirá pagamento de transporte público em SP e Recife

Acessório traz o mesmo "chip" usado nos atuais bilhetes eletrônicos, e pode ser usado e recarregado da mesma forma.

Rafael Rigues

28/11/2013 às 12h50

Watch2Pay_BR-435px.jpg
Foto:

A Rede Ponto Certo, empresa responsável pelos sistemas de bilhete eletrônico em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Cuiabá e Ribeirão Preto, anunciou o início dos testes com o Watch2Pay. Trata-se de um relógio que permitirá o pagamento da tarifa de transporte público, funcionando como alternativa aos cartões atuais.

O relógio tem o mesmo chip dos cartões (baseado na tecnologia MiFare, da Philips) integrado ao seu corpo, e funciona exatamente da mesma forma: basta aproximá-lo da roleta para pagar a passagem, e a recarga é feita nos mesmos pontos de venda. Fora isso é um relógio convencional com mostrador analógico.

Segundo a empresa o relógio está em testes em São Paulo, Ribeirão Preto e Recife, e dentro de 30 dias um lote inicial de 5.000 unidades começará a ser vendido em lojas virtuais. O preço sugerido é de R$ 230. O relógio foi desenvolvido pela Laks, uma empresa austríaca, e está sendo lançado no Brasil através de uma parceira com a Yellowgreen, que detém os direitos na América Latina. 

O transporte público é apenas o primeiro passo: segundo Nelson Martins, presidente da Ponto Certo, “este dispositivo pode no futuro comportar outras carteiras do interesse das Prefeituras, voltados para os usuários do sistema, pois conta com aprovação mundial para uso também como cartão de débito. É usado ainda para entrada em estádios de futebol, grandes eventos, etc".

Em Hong Kong um sistema similar, chamado Octopus Card, também pode ser usado para pagamento de Táxis, estacionamento e pequenas compras em lojas de conveniência, lanchonetes e bancas de jornais. No Japão, sistemas similares são integrados a smartphones (Osafu-Keitai), funcionando como um sistema de pagamento móvel e identificação em uma variedade de serviços. 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail