Home > Notícias

Review – 50 Cent: Blood on the Sand

Com uma história absurda que beira o ridículo, game surpreende pela ação, belos gráficos e boa dose de adrenalina.

Redação da GamePro / EUA

06/03/2009 às 16h35

50_cent_370x178.jpg
Foto:

50_cent_2

Uma game onde o cantor 50 Cent deve buscar um artefato com valor imensurável, em algum país sem nome no Oriente Médio, repleto de insurgentes, mercenários e batalhas sangrentas parece inimaginável. Mas ele existe e não é ruim como a história sugere.

Apesar de a premissa do game ser um tanto quanto ridícula, a jogabilidade em terceira pessoa à la Gears of Wars, os belos gráficos, estereótipos parecidos com o de Metal Slug e humor próprio resultam em um game divertido, que pode render boas horas de descontração.

No game, o jogador que controla 50 Cent comanda também um membro da G-Unit por localidades exóticas. E o objetivo é muito simples: atire com grande capacidade destrutiva em tudo o que se mover.

50_cent_3

A destruição é encorajada pelo game, já que objetos transformados em poeira oferecem recompensas em pontos e dinheiro, além de o jogo parabenizar pelas formas de assassinato e violência de cada jogador. Acertar um inimigo exposto, um tiro perfeito na cabeça e em tanques de gasolina dos carros darão muitos pontos.

Na mudança de um cenário para outro, o game apresenta pequenos desafios, que consistem em eliminar um certo número de inimigos em um determinado espaço de tempo. Quando o desafio é vencido, o jogador é recompensado com munições especiais, armas e dinheiro. Essas desafios ajudam a variar a história, mesmo que o jogador elimine os mesmos inimigos centenas de vezes.

Mesmo com um grande foco no trabalho em equipe com Yayo, Lloyd Banks e DJ Whoo Kid, com sistema cooperativo online, o game não apresenta multiplayer local, o que é uma grande falha.

gamesshutter_625.jpg

Outro ponto falho do game é a falta de variedade nas missões, inimigos e veículos. O jogador se vê enfrentando os mesmos vilões a todo o momento.

50_cent_1

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail