Imagem de fundo do header
Tela do Nexus One é fantástica, mas ainda tem problemas
Home  >  Review
REVIEW

Tela do Nexus One é fantástica, mas ainda tem problemas

Apesas de sua ampla tela AMOLED de 3,7 polegadas, display do smartphone do Google não lida bem imagens nem cores.

Sarah Jacobsson, da PC World/EUA

nexus_one_tela_150.jpg
Foto:

O Nexus One, smartphone com Android produzido pela HTC e comercializado com a marca do Google, tem problemas, ou antes, estão ausentes funções que todo muito esperava existissem, tais como tela com recurso multitoque e sincronização do seu calendário com o Outlook.

Ao menos um recurso nele, sua enorme tela AMOLED de 3,7 polegadas com resolução de 800 por 480 pixels, foi bem recebida por todos, principalmente quando ela é comparada as 3,5 polegadas e resolução de 480 por 320 pixels  da tela LCD do iPhone 3GS.

Mas é preciso olhar o display do smartphone com cuidado. A Display Mate, empresa que realiza diagnósticos e que realiza testes em vídeos, analisou a tela AMOLED do Nexus One e a comparou com o display do iPhone 3GS e, ao que tudo indica, o componente usado no smartphone do Google não é tão bom assim.

nexus_one_tela_300
Nexus One: tela de 3,7 polegadas

 
Principais problemas
O Nexus One utiliza uma forma de organização do pixel denominada PenTile, ou seja, há apenas dois subpixels para cada pixels, em vez de três. Desta forma, em vez de termos um subpixel verde, vermelho e azul para cada pixel (como se vê na maioria dos LCDs), todos os pixels incluem um subpixel verde, mas os subpixels vermelho e azul se alternam.

nexus_one_barras
Nexus One - barra de cores

 

iphone_barras
iPhone 3GS - barra de cores

O resultado disso é que uma tela AMOLED de 800 por 480 pixels possui apenas dois terços da quantidade de subpixels encontradas em uma tela LCD com a mesma resolução, e as imagens exibidas, por conta disse, não são tão definidas quanto deveriam ser. É claro que o iPhone 3GS oferece uma resolução muito menor, então a diferença é nominal.

Além disso, o pico alcançado pelo brilho branco do Nexus One é baixo e insuficiente quando usado em “ambientes muito iluminados” (leia-se sob luz do sol). O pico de branco oferecido pelo smartphone da Apple é significativamente mais alto, “tão brilhante quando o que se encontra quem qualquer display usado em dispositivos móveis”.

A qualidade das fotos obtidas com o smartphone do Google é muito brilhante - as imagens apresentam muita saturação e contrasta. O iPhone 3GS tampouco é um vencedor nesta categoria, já que as imagens capturadas por sua câmera tem baixo contraste e saturação e o resultado são fotos com aparência de ‘lavadas’.

nexus_one_nasa
Nexus One: foto da Nasa

iphone_nasa
iPhone 3GS: foto da Nasa

Os aplicativos embarcados no Nexus One (tais como galeria de imagens e navegador) utilizam 16 bits de cor em vez de 24 bits. Isso quer dizer que há 32 níveis de intensidade para vermelho e azul e 64 níveis de intensidade para o verde, em vez dos muitos melhores 256 níveis de intensidade para as três cores obtidas com 24 bits. O resultado não poderia ser diferente e as cores exibidas estão longe de serem as ideais.

Se a tela do Nexus One é muito boa para textos, ícones e menus gráficos, ela tem baixa qualidade para exibição de imagens e scaling. Segundo o DisplayMate, a tela apresenta erros de precisão para cores e escalas de cinza, e também excesso de ruídos nas imagens, como pode ser observado na foto da Nasa, abaixo. Pode ser que o problema esteja relacionado a falhas de software ou firmware e não ligado necessariamente ao hardware. A DisplayMate promete publicar a terceira parte dos testes de display no próximo dia 1º de março.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site