Imagem de fundo do header
LG Optimus G: um bom smartphone que enfrenta concorrência acirrada
Home  >  Review
REVIEW

LG Optimus G: um bom smartphone que enfrenta concorrência acirrada

Aparelho tem bela tela, bom desempenho e boa autonomia de bateria. Mas o preço o coloca em uma situação difícil em relação aos concorrentes.

Rafael Rigues

OptimusG_Geral-435px.jpg
Foto:

O Optimus G, atual carro-chefe na linha de smartphones Android da LG, é um aparelho numa posição curiosa: ele tem um irmão gêmeo no mercado, o Nexus 4 da Google (também produzido pela LG), que é bem mais barato. Mas o Optimus tem alguns recursos extras, como mais memória interna e o suporte a redes 4G. Será o suficiente para justificar a diferença no preço?

Design e hardware

O LG Optimus G mede 13 cm de altura, 7,1 cm de largura, pesa 147 gramas e segue o mesmo design geral do Nexus 4, com frente e traseira em vidro. O painel traseiro, que é fixo, também tem um padrão cintilante entalhado, mas ele é mais discreto do que no Nexus.

optimusg_geral-360px.jpg
LG Optimus G

A frente é dominada pela tela de 4.7 polegadas com resolução HD (1280 x 768 pixels) e tecnologia IPS, que lhe dá excelente ângulo de visão e fidelidade de cores. E com uma densidade de 318 pixels por polegada, a nitidez de imagens ou texto é excelente. Abaixo da tela há três “botões” sensíveis ao toque com atalhos típicos do Android: back, home e menu.

Por causa do painel traseiro em vidro liso, o Optimus G sofre do mesmo problema que o Nexus 4: é escorregadio, e tem uma tendência a deslizar em superfícies lisas ou inclinadas. O módulo da câmera é protuberante, o que deixa o aparelho ligeiramente inclinado quando apoiado sobre uma mesa, portanto o som do alto-falante (também na traseira) não abafa tanto quanto no Nexus.

optimusg_traseira-360px.jpg
Detalhe do padrão cintilante na traseira do Optimus G

A bateria do Optimus G não é removível, e não há um slot para cartões microSD. Também não há uma saída HDMI: para ligá-lo diretamente a uma TV é necessário usar um cabo MHL plugado à porta micro USB na parte de baixo.

Por dentro o Optimus G tem um processador Qualcomm  Snapdragon S4 Pro rodando a 1.5 GHz, acompanhado por 2 GB de RAM. Há 32 GB de memória interna, dos quais 25 GB estão disponíveis ao usuário.

Há suporte a redes 4G, Wi-Fi nos padrões 802.11 a/b/g/n, Bluetooth 4.0 e NFC, tecnologia que pode ser usada para facilitar a comunicação com acessórios ou a troca de informações (como imagens, músicas ou contatos) entre aparelhos. Não há rádio FM. O aparelho usa cartões microSIM, instalados em um slot na lateral esquerda.

Software

O sistema operacional do Optimus G é o Android 4.1.2, o que pode parecer um “downgrade” em relação ao Android 4.2.2 do Nexus 4, mas na prática a diferença entre eles é mínima. A LG customizou a aparência do sistema com um novo launcher e gaveta de aplicativos, novo tema e até uma reorganização dos menus na tela de configurações.

optimusg_interface-360px.jpg
Interface do Optimus G: clique para ampliar

Uma mudança digna de nota foi a adição de um sistema de “mini-aplicativos”, uma tendência que também está sendo seguida por outros fabricantes como a Samsung, Sony e ASUS. Aqui eles são chamados de “QSlide Apps” e vivem no painel de notificações no topo da tela.

Entre as opções há os tradicionais calculadora, agenda e bloco de notas, um player de vídeo e até um mini navegador. Todos rodam em uma janelinha  “flutuante” sobre os outros apps no sistema, ou seja, você pode consultar sua agenda sem sair do programa de e-mail, por exemplo. Um detalhe incomum é que é possível ajustar a transparência de cada mini app usando um controle deslizante no topo de sua janela.

optimusg_qslide-360px.jpg 
Painel com os aplicativos QSlide (esquerda) e bloco de notas rodando (direita)

Câmera

O Optimus G tem uma câmera de 13 MP, acompanhada por flash. Julgando apenas pelo número ela deveria ser superior à câmera de 8 MP do Nexus 4, mas na prática não foi o que vi. Embora as imagens sejam boas no geral, elas sofrem com bastante ruído em ambientes internos, mesmo os bem iluminados, o que prejudica os detalhes.

optimusg_sample_flor-360px.jpg
Exemplo de foto feita com o Optimus G

A câmera também mostrou dificuldade em fazer o foco, às vezes indicando que a imagem estava em foco quando não estava. Entre os modos de imagem disponíveis estão fotos panorâmicas, em HDR (não tão eficiente quanto em outros aparelhos) e captura em sequência (modo Burst). É possível gravar vídeos em Full HD (1920 x 1080 pixels, 30 quadros por segundo).

optimusg_detalhe_indoor-360px.jpg
Detalhe de uma foto feita com o Optimus G em ambiente interno.
Clique para ampliar e note o ruído no rosto e no cabelo.

Desempenho e autonomia de bateria

O Optimus G se saiu bem em nossos testes de desempenho com o AnTuTu: foram 20.891 pontos, à frente do Nexus 4 (17.511), muito próximo do resultado de concorrentes como o Xperia ZQ da Sony (20.675), e não muito longe do badalado Samsung Galaxy S4 4G (21.691), o que o coloca na lista dos smartphones mais poderosos que já passaram por nossas mãos.

Como é de se esperar com esse resultado, o Optimus G se sai muito bem em qualquer tarefa do dia-a-dia, de navegação na web oas jogos mais sofisticados, sem engasgar. 

A autonomia de bateria também agradou. Como o Optimus G é baseado na mesma plataforma (processador, memória, tela) do Nexus 4 eu esperava uma autonomia simlar, estimada em cerca de 16 horas. Mas não foi raro chegar ao fim de um dia com 15 horas de uso típico com 20% de carga restantes, com uma autonomia de cerca de 19 horas. E isso sem ativar os modos de economia de energia inclusos no sistema.

optimusg_bateria-360px.jpg
Não foi raro ter 20% de bateria restantes após 15h de uso típico

Já no teste de reprodução de vídeo, feito com o brilho da tela a 50% e o aparelho em modo avião, conseguimos uma autonomia de 7 horas e 40 minutos, novamente superior à do Nexus 4.

Veredito

No geral o Optimus G é um bom aparelho, mas seu preço (R$ 1.999) torna difícil recomendá-lo. Se você não faz questão de um smartphone 4G pode encontrar o Nexus 4, que é basicamente o mesmo aparelho, por cerca de R$ 400 a menos. E se quer 4G, pode encontrar concorrentes como o Xperia ZQ, que tem câmera e tela melhores, por quase o mesmo preço (R$ 2.049).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site