Imagem de fundo do header
Atari’s Greatest Hits: clássicos no iPhone, com controles ruins
Home  >  Review
REVIEW

Atari’s Greatest Hits: clássicos no iPhone, com controles ruins

Novo aplicativo para iOS é fiel aos jogos dos anos 1980, mas sofre com limitações gráficas e problemas nos comandos

Macworld / EUA

atariios150x100.jpg
Foto:

O novo game Atari´s Greatest Hits fornece aos jogadores "mais experientes"  uma espécie de volta ao passado. O aplicativo para iOS, que roda de forma otimizada no iPhone, iPod Touch e iPad, traz recriações quase perfeitas de títulos de fliperama e do console Atari que provavelmente já fizeram muitos gamers perderem tempo e fichas no início dos anos 1980.

O app é gratuito, mas inicialmente vem com apenas um jogo – o clássico e saudoso “Pong”. Mas você pode aumentar rapidamente sua biblioteca de jogos pelo milagre das compras dentro de aplicativo – pacotes com quatro jogos saem por 1 dólar, enquanto o pacote todo custa 15 dólares. Dito isso, o app oferece acesso a até 18 jogos de Atari para arcade e 92 “cartuchos virtuais” do saudoso console Atari 2600.

Apesar de divertido para os saudosistas, ele deixa a desejar. Não que
“Atari´s Greatest Hits” não faça um bom trabalho ao recriar jogos como
Yars Revenge ou Haunted House. Todos os detalhes – os gráficos, o som e
até mesmo os manuais de instruções com “orelhas” para ligar seu Atari
2600 – foram fielmente recriados.

Os games são jogados exatamente da mesma forma que na época em que
você ouvia músicas de Olivia Newton-John e Jon Cougar tocarem nas
rádios. E esse um dos problemas – os gráficos que já não eram muito
impressionantes em sua TV “das antigas” também ficam arcaicos na linda
tela do seu iPhone 4 ou iPad.

atariios01.jpg

Novo aplicativo traz mais de 100 jogos clássicos

 

Mas o pior é a questão da "jogabilidade". A única inclinação para modernidade no game é a habilidade de adicionar jogadores multiplayer via Bluetooth. Tirando isso, a desenvolvedora tenta recriar o joystick de apenas um botão do Atari 2600 em uma interface touch com um d-pad virtual no formato de controle no canto esquerdo da tela e um botão na direita.

Não é exatamente uma mistura suave de estilos. Em primeiro lugar, os controles ocupam cerca de um terço da tela, o que parece um uso particularmente exagerado da tela do iPad. Além disso, o joystick não é fácil de ser operado. Os jogos no estilo arcade se saem um pouco melhor – afinal de contas, eles utilizam principalmente botões.

atariios02.jpg

Controles poderiam ocupar menos espaço na tela

Sim, apreciamos o comprometimento da produtora com a fidelidade histórica no aplicativo, mas parece que poderiam ter sido tomadas algumas medidas para melhorar a jogabilidade. Na versão de Pong, por exemplo, não há uma margem delineando a superfície de jogo, fazendo com que seja muito difícil antecipar onde a bola monocromática irá ricochetear.

Também foram tomadas algumas decisões de interface decepcionantes – você navega pela lista de games por meio de um carrossel no estilo Cover Flow (do iTunes) ou por uma lista com títulos de A a Z. E nenhuma das duas abordagens torna fácil para você ver quais jogos já comprou.

É muito provável que os gamers que cresceram com um Atari 2600 curtam algumas memórias trazidas de volta por Greatest Hits antes que as limitações do aplicativo obrigue-os a abandonarem o passado para sempre. Já para os jogadores mais jovens, “vender” os méritos do app será como mostrar a eles pinturas em cavernas e dizer que elas são tão divertidas quanto uma televisão. Atari´s Greatest Hits é bom para fazer uma viagem ao passado – mas esse deve ser um passeio muito curto.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site