Imagem de fundo do header
Básico, HTC Desire A tem design elegante e Android 2.1
Home  >  Review
REVIEW

Básico, HTC Desire A tem design elegante e Android 2.1

Vendido por 900 reais, aparelho tem câmera de 5MP e um trackpad que facilita a navegação pela interface e na web

William Marchiori, para a PC World

Foto:

Conhecido internacionalmente como "Wildfire", o HTC Desire A é o mais novo smartphone básico com Android 2.1 a desembarcar no mercado nacional. Apesar do nome ele não deve ser confundido com o HTC Desire comercializado no exterior, um poderoso smartphone que chegou ao mercado no início de 2010. O Desire "gringo" é um modelo topo de linha, muito similar ao Nexus One da Google (também produzido pela HTC), enquanto o Desire A é um modelo de entrada com um preço bastante camarada de cerca de 900 reais.

Design

O aparelho tem tela multitoque de 3.2 polegadas com resolução de 240x320 pixels. Esse tamanho de tela é bom, mas o problema é a resolução baixa. As imagens ficarão um pouco serrilhadas e você precisará de mais zoom para ler textos.
Assim como outros aparelhos Android do mercado, ele também conta com Wi-Fi, GPS, Bluetooth e aceita cartões micro-SD de até 32 GB. Por dentro, ele tem um processador ARM de 529Mhz e 384MB de RAM.  

desirea_frente-360px.jpg
HTC Desire A: design elegante e trackpad integrado (no centro, embaixo)

O design é curvado e bastante confortável. O Desire A não é um aparelho grande e tem apenas 12mm de espessura. O botão de força e a entrada para fones de ouvido ficam na parte de cima. Na lateral esquerda ficam as teclas de controle do volume.

Abaixo da tela, um dos diferenciais do produto: um trackpad acompanha os botões tradicionais do Android e funciona como um direcional e pode ser usado para navegar nos menus ou rolar páginas no navegador, como em aparelhos BlackBerry.

image4.jpg

Detalhe do trackpad

O problema é que na hora de rolar sites com o trackpad a resposta não é nada precisa. E falando em navegação, apesar de ter sistema Android 2.1, o Desire A exibe alguns elementos em flash. E o zoom multitoque facilita muito na hora de ler textos ou ver imagens.

 

Interface e multimídia

A interface de usuário se chama HTC Sense, e é similar ao Motoblur da Motorola ou ao TouchWiz da Samsung. Além dos tradicionais widgets para integração a redes sociais, um dos destaques é o que a HTC chama de "Scenes" (cenas), configurações de tela inicial que podem ser trocadas com um gesto. Em um momento seu smartphone pode estar na cena "trabalho", com a agenda de reuniões e os e-mails da empresa na tela inicial, e com um gesto mudar para a cena "Casa", com um MP3 Player e as fotos da família.

A câmera do Desire A tem 5 megapixels com flash LED e as fotos são tiradas com o próprio trackpad.  O problema é que, apesar da boa resolução, a qualidade das fotos não é lá essas coisas. É difícil captar uma foto que não fique lavada, mesmo sob boas condições de luz.

image3.jpg
Design elegante é um ponto forte do Desire A

Em termos de games, o Desire A deixa muito a desejar e não consegue nem rodar os games mais simples em 2D, como Angry Birds. Nesse quesito o smartphone básico campeão continua sendo o Galaxy 5.

A bateria não tem nenhuma novidade: utilizando os recursos de forma moderada, incluindo 3G, uma carga dura pouco mais de um dia.

Os principais diferenciais do Desire A são mesmo o preço e o design com trackpad, além do sistema Android 2.1. Por enquanto, esse produto é vendido oficialmente apenas na loja Superfones por 900 reais.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site