Imagem de fundo do header
Bateria do novo MacBook Pro dura mais de sete horas
Home  >  Review
REVIEW

Bateria do novo MacBook Pro dura mais de sete horas

Portátil tem tela de 17 polegadas, chip Core 2 Duo de 2,66 GHz e corpo monobloco de alumínio

James Galbraith, Macworld – EUA

macbookpro_thumb.jpg
Foto:

O novo MacBook Pro com tela 17 polegadas chegou um pouco tarde para a “festa do unibody”– a maioria dos portáteis da empresa migrou para módulos mais finos e leves com corpo de alumínio integrado em outubro de 2008.

Nem por isso ele deixa de ter muitos atrativos. Suas atualizações incluem melhoria de processador, barramento e memória, que são muito bem-vindas. Mas a grande novidade neste modelo mesmo sua nova bateria. Segundo a empresa, ela é 40% mais larga que a do modelo anterior, o que permite que o equipamento trabalhe por “até 8 horas com uma carga”.

O novo equipamento vem com o mesmo disco de 320 GB (5.400 rpm) que a versão anterior, embora seja possível optar nos Estados Unidos por um modelo de 7.200 rpm ou mesmo optar por uma unidade SSD (solid state drive) entre 128 GB e 256 GB. Como na versão anterior, o equipamento vem com 4 GB de RAM (chegando a 8 GB), com memória padrão DDR3 de 1,066 MHz (em vez de 66 MHz DDR2).

Seu processador é o Core 2 Duo de 2,66 GHz (antes utilizava o de 2,5 GHz), com os mesmos 6 MB de cache L2. No mercado americano, com mais US$ 300 é possível levar para casa um modelo com o chip de 2,93 GHz. Quanto ao barramento, agora é de 1.066 MHz, acima dos 800 MHz da versão anterior.

Como os outros modelos de notebooks com design unibody, ele usa um display widescreen com LED backlight. Sua resolução nativa é de 1920 por 1200 pixels. Se você está acostumado a trabalhar em resolução mais baixa, irá notar que os itens na tela parecem menores. Nos testes, por exemplo, foi comum usar o zoom de 150% no Office para visualizar os arquivos de forma satisfatória – o que não acontece, por exemplo, no MacBook Pro de 15 polegadas, que tem resolução nativa de 1440 por 900.

macbookpro17pqA exemplo do MacBook Pro de 15 polegadas, o novo equipamento de 17’’ utiliza um subsistema gráfico dual, que inclui placa de alta performance Nvidia GeForce 9600M GT com 512 MB de memória GDDR3 dedicada, assim como uma aceleradora de desempenho mais modesto (mas com menor consumo de bateria) GeForce 9400M, que compartilha 256 MB de RAM com o processador principal. O MacBook Pro de 17 polegadas tinha um sistema gráfico único, com uma Nvidia GeForce 8600M GT de 512 MB (GDDR3).

O resultado dessa mudança pode ser visto em nossos testes, com uma significante melhoria. Na avaliação com o game Quake o novo equipamento foi 45% melhor. Já ao encarar Unreal Tournament, foi 18% superior.

Bateira maior e melhor

A grande melhoria neste equipamento está mesmo na duração de bateria, desenvolvida com folhas de polímero de lítio, em vez de utilizar células de íons de lítio cilíndricas. Segundo a Apple, a nova tecnologia de bateria irá aumentar de forma significativa o tempo de vida (pode ser carregada pelo menos mil vezes) antes que passe a manter 80% de sua capacidade original, o que representa entre três e cinco vezes mais que a maioria das baterias de laptop.

Como é difícil testar esse ciclo de vida de mais de mil cargas, rodamos outros benchmarks para ver quanto tempo uma carga dura. Nosso teste incluiu exibir vídeo (armazenado no HD) continuamente em formato de tela cheia, com configurações de display em brilho máximo, além de não permitir a hibernação e adotar a placa de baixo consumo do sistema. Nessas condições, ela durou 4h43min, enquanto que o modelo anterior ficava em 3h36min.  Já um MacBook Pro (15’’ e chip de 2,53 GHz) parou em 2h46 minutos.

Em outro teste, com condições semelhantes, mas com o monitor com metade do brilho, usamos a máquina para navegar na internet (com o uso do AirPort) e trabalhamos com aplicativos de escritório como o Excel e Word. O resultado foi impressionante: superamos 7 horas de uso (abaixo do prometido pela empresa, mas ainda assim um ótimo resultado). A versão anterior, por exemplo, não chegou a 5 horas de duração neste mesmo teste.

Como era de se esperar, com um chip um pouco mais rápido, o MacBook Pro superou o antecessor, mas por muito pouco.  O novo sistema foi menos de 2% mais rápido na avaliação como Speedmark 5. Em outros testes, com Photoshop, iMovie e iTunes, as diferenças ficaram entre um segundo ou dois.

Com processador mais rápido, melhor barramento e velocidade de memória, além de seu design unibody mais fino e leve e com duração muito maior de bateria, ele é certamente um produto com grande apelo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site