Imagem de fundo do header
Storm é o primeiro modelo de Blackberry com tela touch
Home  >  Review
REVIEW

Storm é o primeiro modelo de Blackberry com tela touch

Com tela de 3.5 polegadas, o smartphone da RIM apresentou ótima experiência para aplicações multimídia e ainda mantém o padrão para uso corporativo, mas faltou Wi-Fi.

René Ribeiro, analista de testes da PC WORLD

BlackBerryStorm_ilustra150.jpg
Foto:

Acompanhando a tendência do mercado, a RIM não poderia deixar de ter um smartphone com tela touch. Trata-se do Blackberry 9500 ou Blackberry Storm, como é mais conhecido. A tela tem 3,5 polegadas e traz uma novidade em relação a modelos desse tipo. Para selecionar ícones e rolar uma tela, basta encostar o dedo, mas para executar uma ação é necessário pressionar o dedo sobre a tela, como se ela fosse mesmo um teclado.

Um exemplo é quando você faz uma chamada. Os números digitados só aparecem no visor quando você aperta a tela e sente que ela ‘afundou’, igual a um botão físico. Essa tecnologia a RIM chamou de SurePress, na qual temos a sensação tátil de um teclado.

Dessa é possível navegar pelas telas apenas tocando sobre elas e ter a certeza que nenhum aplicativo será acionado por engano, pois isso depende da pressão sobre o ícone do mesmo Essa foi uma solução interessante, já que o Storm não vem com o TrackBall, que servia para navegar entre os aplicativos. O teclado para chamadas é perfeito, com botões virtuais grandes, entretanto o teclado full qwerty usado para textos fica pequeno e é quase impossível digitar sem errar. Felizmente o aparelho vem com acelerômetro e quando está na posição horizontal, as teclas ficam com maior tamanho e, nesse caso, a digitação fica confortável.

Com a tela na horizontal, a visualização de textos é confortável, mas se uma fonte maior for preferível, basta tocar na tela e o zoom já é acionado. A tela tem resolução half-VGA, de 480 por 360 pontos e que mostrou excelente nitidez tanto para textos quanto para vídeos. Quanto a rede, é um aparelho 3G, mas também funciona em padrão EDGE, oferecendo boa velocidade de navegação.

blackberrystorm_350b.jpg

O Storm vem Bluetooth e GPS, mas não com Wi-Fi. O GPS funcionou muito bem com o Google maps, oferecendo precisão na localização e rapidez para encontrar o sinal dos satélites. Nos aplicativos instalados estão o Documents To Go, que edita documentos do Word, Excel e PowerPoint. Além disso, há também um leitor para documentos em PDF. A interface é a mesma dos aparelhos Blackberry Curve 8900 e Blackberry Bold.

Quanto ao programa de e-mail, continua com o tradicional serviço de BIS e BES, sempre presente nos celulares da RIM e pode armazenar até 10 contas. A câmera de 3.2 megapixels tem zoom de 2x e flash. Tirou ótimas fotos com flash em ambientes fechados. O estabilizador de imagens ajudou bastante na nitidez das fotos. Também faz vídeos, nas resoluções de 480 por 352 e 176 por 144 (ótimo para MMS).

O player de vídeo suporta Mpeg 2 e 4, além do formato WMV e de áudio suporta MP3 e WMA. O som é de excelente qualidade e o com alto volume. A saída para fone de ouvido é comum e pode ser utilizado qualquer headphone apesar do produto já acompanhar um. Outro ponto importante para quem usa muito áudio e vídeo é que o Storm vem com um cartão micro SD de 8 GB e pode ser expandido até 16 GB.

Para testar a bateria simulamos uma utilização mais próxima da realidade e usamos o Storm intensivamente durante o dia, acessando internet, e-mails, realizando chamadas, tirando fotos e com exibição de vídeos. Durante a noite ficava no modo de espera, com suas funções desligadas. Nessa situação a bateria suportou dois dias de uso, tendo que ser recarregada no fim do segundo dia.

blackberrystorm_350.jpg

Enfim, a RIM mostrou uma tela de toque inovadora, que responde bem ao comandos e também pela primeira vez apresenta uma tela de 3,5 polegadas. Assim foi excelente para navegação web e leitura de textos. A parte multimídia impressionou pela qualidade do áudio e vídeo. Para quem deseja um Blackberry com todas as funções dos tradicionais aparelhos da RIM e ainda quer aproveitar recursos multimídia, o Storm pode ser uma ótima opção, mas tem um porém: não vem com conexão Wi-Fi.

Até o momento, o Blackberry Storm está sendo vendido apenas pela TIM. No Plano TIM Brasil 120 (com franquia mensal de R$ 96,90), inclui 120 minutos de ligações locais, 40 minutos de chamadas recebidas em viagem, 60 TIM Torpedos, 60 TIM Foto Mensagens e tráfego de dados de até 500 kB), o aparelho custa R$ 1.599.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site