Imagem de fundo do header
Celular: quem se da melhor na hora de tirar fotos e fazer vídeos
Home  >  Review
REVIEW

Celular: quem se da melhor na hora de tirar fotos e fazer vídeos

Testamos seis modelos indicados pelos fabricantes como os melhores na categoria. Alguns tem 8MP de resolução e zoom óptico de 16x.

René Ribeiro, da PC World

Foto:

Atualizada em 30/7, às 17h


Por mais que a tecnologia avance no sentido de proporcionar o que há de melhor em equipamentos com serviços convergentes, existem limites que, pelo menos por hora, dificilmente serão ultrapassados. Um deles é o que combina serviços de telefonia móvel com fotografia digital.

Os apreciadores da arte de fotografar possivelmente dirão que, independentemente dos recursos fotográficos que os fabricantes de celulares consigam embarcar em um equipamento tão pequeno, ele jamais será uma câmera fotográfica no sentido estreito deste conceito.

É bem provável que esses, digamos, críticos, sejam os mesmos que até poucos anos atrás franziam o cenho quando as primeiras câmeras digitais foram lançadas – “uma verdadeira heresia” diziam – e hoje ostentam felizes, modelos de última geração pendurados no pescoço.

Fato é que existem no mercado um número enorme de celulares e smartphones que oferecem recursos impressionantes de fotografia digital a ponto de deixar o consumidor confuso.

Para ajudá-lo na dura (mas prazerosa) tarefa de escolher o melhor celular para fotos (e vídeos), PC World solicitou aos fabricantes que nos enviassem para testes o equipamento que reunisse o que havia de melhor quando o assunto é fotografar e filmar com um celular.

Leia também: 
>> Teste com celulares multimídia mostra que recurso precisa melhorar
>> Qual o melhor celular para acessar a web? Testamos seis modelos
>> Comparativo avalia os melhores celulares para mandar e receber e-mail
>> Smartphone para acessar internet exige recursos específicos
>> E-mail corporativo: que smartphone escolher?
>> Aplicativos: mais importante que o smartphone é a plataforma

O desafio começou quando nos defrontamos com seis modelos: iPhone 3G (Apple); N85 (Nokia); Renoir (LG); Touch Diamond (HTC); W995 (Sony Ericsson); e ZN5 (Motorola). Todos equipamentos de última geração e repletos de recursos bacanas. Mas o foco, como informado aos fabricantes, era identificar que se dá melhor no quesito foto & vídeo.

Sob tal análise, quem se deu melhor foi o Renoir (1.499 reais), que recebe o título de Best Buy. A começar pelo conjunto de lentes Scheneider–Kreuznach, cuja qualidade óptica deixa passar mais luz, evitando fotos apagadas. Todas as configurações são feitas pela interface sensível de sua tela sensível de três polegadas e com poder de resposta aos comandos.

Renoir.jpg
Renoir (LG): o melhor celular para foto e vídeo

O celular da LG possui resolução de 8 megapixels (MP) de resolução e oferece sete opções de tamanho de fotos, quatro modos de cena, efeitos de cor, detecção de rostos, ajuste de branco, modo macro (para fotografar detalhes de objetos muito próximos da lente), temporizador e compensação de luz de fundo.

O Renoir foi o único celular do teste que apresentou configuração de ISO (desde ISO 100 até ISO 1600), muito útil para fotografar em ambientes com baixa luminosidade. Seu flash, do Xenon, que oferece mais brilho que os tradicionais leds, comuns nos celulares com câmera, é boa fonte de luz nesses casos. A presença de estabilizador evita fotos tremidas.

Tabela_Celular_FotoVideo_350.jpg
Clique aqui para ver a tabela em tamanho maior

A LG incluiu uma série de recursos de edição no próprio celular e, dentre os efeitos disponíveis, destaque para o que torna a foto uma pintura ou como se fosse um desenho. Também é possível ajustar brilho, contraste e até mesmo níveis automáticos de luz. Os vídeos impressionaram pela resolução VGA e ótima qualidade.

Fortes concorrentes
O W995 (1.599 reais) é lançamento da Sony-Ericcsson, tem resolução de 8,1MP, flash de led e um zoom óptico (como o Renoir), de 16 vezes que impressiona. Porém, em sua potência máxima, focar com ele foi realmente impossível. Entretanto, mesmo sem foco, é possível aproximar bem as imagens. Ele inclui recurso de detecção de sorrisos, que funciona muito bem.

w995.jpg
W995 (Sony Ericsson): recursos presentes em câmeras digitais

Seus cinco modos de cena pré-configurados (paisagem, retrato, praia, esportes e macro) funcionaram muito bem nas fotos tiradas, e o W995 também possibilita a edição das imagens e aplicação de efeitos como deixar a foto pintada como um quadro ou contornada com lápis. Poder ajustar brilho, contraste e nível de cores também são opções muito bem-vindas.

Um detalhe bacana: para quem usa o Blogger, há um recursos que permite o envio das imagens do celular da Sony Ericsson diretamente para um blog. No quesito capacidade de vídeo, o W995 é capaz de filmar em 30 quadros por segundo (fps) e o flash pode ser usado como fonte de luz auxiliar; seu brilho forte ajudou na captação de imagens em ambientes escuros.

O N85 (1.699 reais) está limitado a imagens de até 5MP e oferece flash de led duplo (excelente apoio para fotos em ambientes pouco iluminados). O autofoco obteve ótimos resultados tanto para fotos a distância como perto. Em fotos sem flash, foi notado que o N85 precisa de um ambiente com muita luz para as fotos não ficarem pixelizadas (pontos espalhados). Os melhores resultados foram atingidos com a resolução máxima.

N85.jpg
N85 (Nokia): excelente qualidade de vído e protetor de câmera

Para filmar, o celular da Nokia obteve excelente resultado. O led duplo funciona como iluminação e se mostra muito eficiente neste papel. O vídeo, a 30fps, tem resolução de 640 por 480 pontos, uma das maiores em telefones celulares. O resultado são filmes sem sinal algum de movimentos lentos. A presença de um cartão memória de 8 gigabytes (GB) também foi bem-vinda para poder armazenar as fotos e vídeos.

O ZN5 (599 reais) chamou a atenção pela câmera Kodak embutida e flash Xenon. Tem recursos para balanço de brancos, como luz do dia, fluorescente e incandescente, e três modos de cena (paisagem, macro e automático). No quesito edição, permite recortar, inserir ícones e aplicar efeitos de luz.

zn5.jpg
ZN5 (Motorola): parceria com a Kodak deu bons resultados

Apesar dos recursos mais simples, o celular da Motorola faz fotos com ótimos resultados. O equipamento peca pelo menu de funções pouco interativo. Sua função de vídeo tem resolução baixa, mas inclui recurso para envio por e-mail ou serviço de mensagem multimídia (MMS), mas não para ser publicado em blogs ou YouTube.

O Touch Diamond é o mais caro dos modelos testados todos (2.899 reais) e foi o que apresentou a menor resolução (3,2MP) e não inclui flash, o que o torna inviável para ambientes sem iluminação adequada. As regulagens ficam por conta da proporção de branco e brilho. É possível tira fotos com efeitos de sépia (como uma foto envelhecida), negativo e tons de cinza. Não há recursos de edição de imagens no celular. Sem um botão dedicado para fotos na lateral do celular, deve-se usar o botão central na frente do telefone e para acioná-lo, deve-se usar o polegar.

touch_diamond.jpg
Touch Diamond (HTC): caro demais para poucos recursos

A qualidade do vídeo do celular da HTC é muito boa. E como a função fotografia, também não há recursos de edição além de ajustar a luminosidade.

E se você pensou que todo o vasto conjunto de funcionalidades que tornaram o iPhone popular seriam suficientes para destacá-lo na categoria foto e vídeo, lamentamos informar, mas se enganou. Ao contrário, dentre os seis modelos avaliados, ele foi o que obteve as menores notas. E não são poucos os motivos para tão fraco desempenho. Em primeiro lugar, sua câmera tem apenas 2MP e ele não é capaz de fazer vídeo. A nova geração do celular, o iPhone 3GS, que deve chegar ao Brasil a partir de agosto tem câmera um pouco menlhor (3MP) e vai poder filmar; mesmo assim, ficará bem aquém dos demais competidores.

iphone3g_foto.jpg

Além disso, o celular da Apple recebeu um festival de “nãos”: não oferece zoom, não aceita cartão de memória (o modelo atual está limitado em 16GB de memória interna); não permite editar fotos no dispositivo; e não traz modos de cena pré-programados. E, no quesito preço, só não perdeu para o modelo da HTC.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site