Imagem de fundo do header
Chrome 2.0: primeiras impressões da nova versão do browser do Google
Home  >  Review
REVIEW

Chrome 2.0: primeiras impressões da nova versão do browser do Google

O navegador chega com a promessa de ser mais rápido do a versão anteriormente lançada. Mas não espere muitos recursos novos.

Uchendu Nwachuku, da PC World / EUA

chrome_150.jpg
Foto:

chrome_150O Chrome é um navegador cujos únicos apelos à fama (além de ser um
produto Google) são sua velocidade e simplicidade. Na verdade, alguns até
poderiam dizer que a primeira versão do Chrome ficou devendo
recursos que são quase indispensáveis para um browser em 2009, como
preenchimento automático de formulários, um modo de tela cheia e
extensões.

>> Faça o download do Chrome 2.0

Com o Chrome 2.0, o Google preencheu um pouco desse vácuo,
adicionando tela cheia, automatização com os formulários e a função de
remover as miniaturas de sites favoritos ou recentemente acessados da página “Nova aba”, juntamente com uma série de
ajustes para problemas e melhorias no desempenho em geral.

A versão 2.0 do browser do Google se parece e funciona exatamente como a versão anterior;
os novos recursos são tão sutis que, não fosse o anúncio feito pela
empresa, eles passariam despercebidos por diversos usuários. O modo
tela cheia é bem fácil de achar; aperte F11 para acioná-lo, ou
selecione-o a partir da barra de ferramentas.

Mas a função é quase inútil: quando em tela cheia, todos os
controles do navegador desaparecem: não há abas, barra de ferramenta,
nada. Você não pode digitar novos endereços para acessar. Você não pode
acessar seus favoritos, a não ser a partir da página inicial do Google.

Leia também:
>> Chrome, IE8 e Firefox 3 se enfrentam na guerra dos browsers

Tudo tem de ser feito via atalhos de teclado ou por meio do botão direito do mouse. O Google diz que esse
recurso foi feito para exibição de vídeos e apresentações, mas qualquer
tocador de mídia já oferece suporte ao modo tela cheia.

As outras novidades são muito melhores. O preenchimento automático
de formulário é um recurso que outros navegadores tiveram por anos. À
medida que você vai preenchendo um campo de formulário, o Chrome exibe escolhas possíveis abaixo da lacuna, e você pode clicar em
alguma para usá-la. Não é bonitinho, mas funciona.

O recurso de apagar miniaturas de sites de uma
nova aba aberta é muito útil. Clique em Remove Thumbnails, clique nas
miniaturas que quer excluir e pronto.

chrome_400.jpg

Curiosamente, se você tiver menos do que quatro miniaturas e remover
mais uma, todas elas vão desaparecer – provavelmente, trata-se de um
bug. Além disso, você também pode redistribuir thumbnails pela página.
Ambos os recursos são tão básicos, que é de se perguntar por que não
ainda não estavam disponíveis.

O aspecto em que o Chrome 2.0 se destaca é no seu desempenho. Ele
carrega os mais complexos aplicativos web com facilidade e parece que
nunca fica lento. O navegador é muito rápido – mas, até aí, a versão
1.0 também era, e apesar de o Google dizer que a segunda edição é ainda
mais veloz, é provável que ninguém  perceba a pequena melhora na velocidade e
estabilidade.

O Chrome é a Lamborghini dos navegadores. Foi feito para ser o
browser mais rápido que existe e – como o carro – ele de fato
cumpre tal missão, usando tecnologia poderosa embaixo do capô.

À parte essa triste analogia com carros, o Chrome 2.0 mantém essa
reputação. Não vai ganhar nenhum prêmio de "melhores funções e recursos"
ou aparecer em primeiro num comparativo de funcionalidades.

Mesmo assim, ele pode levar os usuários a seus sites favoritos mais
rapidamente do que qualquer concorrente. Para quem já usa o Chrome, o
download vale a pena, mas novos usuários vão achar que falta alguma
coisa.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site