Imagem de fundo do header
Conheça o LG Optimus L4 II Tri, um Android com 3 chips e TV Digital
Home  >  Review
REVIEW

Conheça o LG Optimus L4 II Tri, um Android com 3 chips e TV Digital

Aparelho roda o Android 4.1 em um processador de 1 GHz, tem câmera de 3 MP com flash e Rádio FM.

Rafael Rigues

L4Tri_Frente-435px.jpg
Foto:

Depois dos smartphones Android com “dois chips”, qual o próximo passo? Ora, três chips! Essa é a proposta do Optimus L4 II Tri da LG (alô LG, não tinha um nome mais simples?), que de quebra ainda adiciona um sintonizador de TV digital ao pacote.

Hardware

Ele é um aparelho “gordinho”: são 13 cm de altura, 6 de largura e 1 cm de espessura, com peso de 140 gramas. A tela de 3.8” tem resolução de 320 x 480 pixels, que é baixa. Porém ela usa a mesma tecnologia IPS encontrada em aparelhos mais sofisticados como o Nexus 4 ou o LG Optimus G. Graças a ela o contraste é bom, as cores são vivas, e há muito pouca distorção na imagem mesmo quando vista de ângulos extremos, o que é incomum em aparelhos de baixo custo.

l4tri_traseira-580px.jpg
LG Optimus L4 II Tri com a tampa traseira e bateria removidas. No destaque em verde, os
slots para os três SIM Cards. No destaque em azul, o slot para um cartão microSD.

Abaixo da tela há quatro botões sensíveis ao toque, incluindo um (na extrema direita) para troca rápida entre os chips. A tampa traseira é feita em plástico completamente liso e removível, e abaixo dela ficam os slots para os três SIM Cards (de tamanho normal) e um cartão microSD. Você vai precisar de um, já que dos 4 GB de memória interna, pouco mais de 2 GB estão disponíveis para o usuário.

Câmera

A câmera traseira é pra lá de básica: tem um sensor de 3 MP, flash e foco fixo, ou seja, esqueça as fotos em macro ou recursos como “touch to focus” para focar em uma parte específica da imagem. A qualidade das imagens deixa bastante a desejar, com pouca nitidez, áreas claras estouradas e quase nenhum detalhe nas mais escuras. Nos exemplos abaixo é fácil notar que o lado direito da imagem sempre sai fora de foco.

l4tri_sample_paisagem-580px.jpg
Foto feita com o LG Optimus L4 II Tri. Clique para ampliar

l4tri_sample_jk-580px.jpg
Foto feita com o LG Optimus L4 II Tri. Clique para ampliar

l4tri_sample_flores-580px.jpg
Foto feita com o LG Optimus L4 II Tri. Clique para ampliar

O software da câmera tem alguns recursos interessantes, como disparo por voz (diga “Cheese” pra tirar uma foto), ajuste manual de ISO e balanço de branco, efeitos de cor e cinco modos de cena, mas não espere encontrar panoramas, modo HDR, captura em sequência (Burst) ou outros recursos mais sofisticados. Não há uma câmera frontal.

Desempenho

Por dentro o LG Optimus L4 II Tri é baseado em um processador single-core de 1 GHz, o MediaTek MTK6575, o mesmo usado em seu principal concorrente, o Motorola RAZR D1. Em teoria o processador tem desempenho suficiente para as tarefas de um smartphone básico, como navegação na web, mensagens e redes sociais, mas na prática a coisa é diferente por causa de um detalhe: há apenas 512 MB de RAM.

É o mínimo absoluto para um aparelho com o Android 4.1.2, e isso afeta bastante o desempenho, especialmente ao alternar entre aplicativos. Foi comum sair de um app como o leitor de notícias Feedly para ler uma mensagem no WhatsApp e, ao voltar para o Feedly, perceber que ele foi fechado na primeira troca para liberar memória e está sendo reiniciado, o que faz você perder o ponto da leitura. Mesmo sair de um app e voltar para a tela inicial é um processo sujeito a pausas de até 2 segundos enquanto o sistema carrega os ícones e widgets.

E esqueça os jogos mais sofisticados: mesmo que o processador seja capaz de rodar títulos como Asphalt 7, como vimos em nosso review do RAZR D1, o pouco espaço na memória interna atrapalha as coisas. Só Asphalt 7 consumiria mais da metade do espaço disponível, por exemplo.

TV e Telefonia

O suporte a TV digital funciona bem. O app TV engloba sintonizador, guia de programação e ainda permite gravar os programas para assistir depois, ou capturar imagens (screenshots) da tela. Usando a anteninha telescópica integrada o aparelho encontrou 22 canais na região do Cambuci, em São Paulo. O Optimus L4 II Tri também tem Rádio FM.

Se a recepção do sinal de TV é boa, a de telefonia deixou a desejar. Notei que o aparelho não conseguiu manter uma conexão de dados ativa em vários locais na cidade de São Paulo, como as linhas verde e amarela do Metrô, onde smartphones de outros fabricantes não tem problemas. E mesmo a céu aberto vi o aparelho usando a rede 2G em locais onde outros modelos conseguem uma conexão 3G estável. O áudio durante as chamadas também me pareceu abafado.

l4tri_tv-320px.jpg
O app de TV tem guia de programação e permite gravar os programas para assistir depois

O suporte a três SIM Cards (“chips”) simultâneamente é o principal destaque do Optimus L4 II Tri. Assim como em outros smartphones Android multi-chip, é possível definir um nome e cor para cada SIM, para facilitar a organização, bem como indicar qual deles será usado para uma conexão de dados. Uma tecla sob a tela facilita a troca entre os chips, e indicador de sinal do chip ativo é destacado na barra de status, para mostrar qual eles será usado para fazer uma chamada ou enviar uma mensagem. 

Durante os testes descobri que apenas dois chips podem estar ativos ao mesmo tempo. Se estou em uma ligação no chip 1 consigo atender uma segunda chamada ao mesmo tempo no chip 2, e até mesmo unir elas em uma conferência. Mas se eu receber uma terceira chamada no chip 3, quem ligou irá ouvir uma mensagem de que o aparelho está fora área de serviço ou desligado.

l4tri_sinal-320px.jpg

Uma borda colorida ao redor do indicador de
sinal aponta o chip ativo (nesse caso, o 1)

Uma conexão de dados ativa no chip 1 não me impediu de receber chamadas no chip 2. Um download via 3G, por exemplo, foi pausado assim que a segunda linha começou a tocar, e retomado automaticamente quando a ligação foi encerrada.

Autonomia de bateria

A autonomia da bateria de 2.150 mAh se mostrou boa. Os testes de uso típico foram prejudicados pelos problemas de conexão acima, mas ainda assim não foi raro chegar ao fim de um dia de trabalho com 40% de carga restante. Em um teste de navegação 3G contínua estimamos a autonomia em cerca de 9 horas, com o brilho da tela em 50%. Já no teste de reprodução de vídeo, com o aparelho no modo avião, foram 10 horas.

Falando no brilho da tela, o L4 II Tri não tem um sensor automático de luminosidade ambiente, o usuário define manualmente um nível fixo. Isso pode prejudicar a autonomia se o brilho for excessivo para o ambiente atual (por exemplo, 50% em um ambiente interno iluminado por lâmpadas fluorescentes, onde 30% seria o bastante) ou a usabilidade se ele for insuficiente (como 30% sob a luz do sol, caso onde a tela fica ilegível).

Veredito

Considerando o desempenho, os problemas de sinal e a qualidade da câmera, é difícil recomendar o LG Optimus L4 II Tri quando há concorrentes superiores na mesma faixa de preço, como o Motorola RAZR D1. Embora este tenha suporte a “apenas” dois chips, deve ser o suficiente para a maioria do público.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site