Imagem de fundo do header
Core i5 Arrandale: primeiras impressões do chip de 32 nm da Intel
Home  >  Review
REVIEW

Core i5 Arrandale: primeiras impressões do chip de 32 nm da Intel

Chip que traz GPU integrada se deu bem na reprodução de vídeos em alta definição; mas desempenho geral ainda fica a desejar.

Nate Ralph, da PC World/EUA

corei5_chip-150.jpg
Foto:

corei5_chip-150.jpgA Intel lançou nesta terça-feira (5/1) 11 processadores para laptops – cinco
Core i7, quatro Core i5 e dois Core i3. A principal diferença entre
esses chips  e seus antecessores é a arquitetura, que acopla o processador de 32 nm (nanômetros) e um controlador gráfico de 45 nm em um único chip.

Testamos uma versão pré-produção do Core i5 540M, de 2,53 GHz, em um
notebook da Asus, o K42F, com 4 GB de RAM padrão DDR3 1066, um disco
rígido de 500 GB e rodando Windows 7 Ultimate de 64 bits.

Para comparar, utilizamos um Notebook Samsung NP-Q320, que oferece
uma configuração comum usada hoje em dia: processador Core 2 Duo P8700;
4 GB de memória; HD de 320 GB, Windows Vista Home Premium de 64 bits e
o chip gráfico GeForce G105M, da nVidia, com 256 MB de memória dedicada.

É importante frisar que o Asus K42F é um modelo em pré-produção e
pode haver alteração até seu lançamento comercial. Usando o pacote de
testes WorldBench 6, esse modelo de notebook alcançou 105 pontos e o
Samsung NP-Q320 obteve 96 pontos.

O ponto forte da família Arrandale encontra-se nos recursos
emprestados da arquitetura Nehalem de 45 nm: Hyper-Threading e Turbo
Boost. O primeiro duplica o número de instruções por núcleo oferecendo
maior desempenho para multitarefa consumindo menos energia.

Já o Turbo Boost é um tipo de overclock automático que “empurra” a
frequência de trabalho original de 2,53 GHz para 3,06 GHz. Mas só faz
isso quando as aplicações exigem mais potência.

Em situações de processamento que não exigem tando do processador,
ele também é capaz de reduzir a frequência de trabalho. Isso é crucial
para consumidores que buscam por um notebook com boa duração de bateria.

A eficiência energética e portabilidade são importantes, mas o
objetivo principal da Intel é otimizar a reprodução de vídeos,
principalmente em alta definição.

graphicsturbo.jpg

Animações e vídeos que utilizam a tecnologia Flash Player 10.1, que
direciona parte do processamento para o chip gráfico e não somente para
a CPU será essencial para máquinas portáteis rodarem bem vídeos em
Blu-Ray e acessar sites com animações.

O K42F executou essa tarefas muito bem, porém, a bateria suportou apenas duas horas quando deixamos rodando um filme em Blu-Ray.

Com a integração da CPU e GPU em um único chip, os fabricantes de
notebooks poderão trabalhar com placas-mãe menores. Em consequência,
teremos máquinas menores.

Quanto ao desempenho gráfico, os chips da família Arrandale são
capazes de chavear automaticamente o uso de GPUs dedicadas e GPUs
onboard, o que é ótimo para economizar bateria.

O uso destes chips em máquinas para jogos ainda não é recomendado.
Os testes mostraram uma melhora na parte gráfica, mas nem tanto. No
jogo Unreal Tournament III, o notebook da Asus alcançou 22 quadros por
segundo e 19 quadros por segundo em Enemy Territory: Quake Wars. A
resolução estava em 1024 por 768 pontos.

Vale notar que esses jogos, apesar de usarem gráficos em 3D, não
possuem complexidade em texturas, sombras e efeitos, portanto,
esperávamos mais.

Esses números foram semelhantes na máquina as Samsung, com 22 e 21
quadros por segundo, respectivamente. Se executar jogos em 2D, tudo vai
fluir bem, mas quem gosta de jogos, vai querer ir mais longe e, nesse
caso, vai ficar decepcionado.

Nos testes gerais, a bateria do Asus cravou a duração em quatro
horas, o que foi exatamente o mesmo tempo que a bateria do notebook da
Samsung.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site