Imagem de fundo do header
Corel PaintShop Pro X4: um editor de imagens capaz, porém sobrecarregado
Home  >  Review
REVIEW

Corel PaintShop Pro X4: um editor de imagens capaz, porém sobrecarregado

Software traz inúmeros recursos para facilitar a edição de suas imagens, mas o excesso de ferramentas, muitas delas quase idênticas, atrapalha o uso.

Alan Stafford, PC World EUA

Foto:

Sua bancada é parecida com a minha, com 37 chaves de fenda (16 praticamente idênticas), um martelo aqui, uma furadeira ali, uma serra acolá... peraí, onde deixei a serra? Pois o PaintShop Pro X4, da Corel (R$ 239 no Brasil, na versão para download) é parecido com minha bancada: tem ferramentas suficientes para atender às necessidades de quase qualquer um, desde que se consiga achar a ferramenta certa para o trabalho atual. E embora ele seja um editor de imagens poderoso e extremamente capaz, poderia ser muito melhor se uma equipe de limpeza se dispusesse a arrumar a casa e jogar algumas coisas fora.

Tudo e mais um pouco

Isso não significa que a Corel não tentou colocar as coisas em ordem. O PaintShop Pro X4 tem uma interface revisada, com três áreas de trabalho separadas por abas no topo da tela: Manage, para organização, Adjust, um modo de edição passo-a-passo e Edit, com um amplo conjunto de ferramentas manuais para edição de imagens.

psprox4-360px.jpg
Corel PaintShop Pro X4: ferramentas de sobra para editar suas imagens

Mudar de um modo para o outro não é como abrir um novo aplicativo, como no Adobe Photoshop Elements 10, mas você ainda tem que esperar enquanto o PaintShop Pro X4 muda as coisas de lugar, e o programa te força a salvar sua imagem antes de trocar de modo. O modo Adjust não permite que você compare imagens de antes e depois da edição, embora o modo Edit permita.

Algumas vezes ferramentas similares aparecem em múltiplos modos, ou mesmo dentro do mesmo modo. Por exemplo, no modo Edit a “One-Step Purple Fringe” (que remove “franjas” arroxeadas nas bordas entre áreas de alto contraste na imagem) e a “Chromatic Aberration Removal” (que remove distorções de cor, conhecidas como “Aberrações Cromáticas”) ficam perto uma da outra. Mas como as franjas roxas são geralmente causadas por aberrações cromáticas - embora possam existir outros fatores - acho que a Corel poderia ter facilmente combinado estas ferramentas.

PaintShop Pro está recheado de outras “correções com um clique” que são obviamente voltadas aos novatos, mas também tem ferramentas mais complicadas que tem um bilhão de opções. E muitas vezes os recursos de ambas se sobrepõem.

O modo Adjust inclui uma nova ferramenta chamada Fill Light (Luz de Preenchimento) que deveria clarear apenas o assunto principal na imagem, em vez da imagem toda. Em meus testes ela funcionou tão bem quanto o tradicional comando Shadows (para escurecer ou clarear as sombras), que por sua vez está combinado ao útil comando Highlights (para reduzir a intensidade das áreas “estouradas” na imagem).

pspro_photoblend-360px.jpg
Photo Blend: selecione e combine elementos de várias imagens em uma só

O modo Edit inclui alguns outros recursos interessante. O Vignette lhe permite selecionar o assunto principal tem uma imagem e borrar e escurecer áreas ao redor dele. Funcionou melhor quando eu primeiro selecionei a área onde aplicar o efeito e depois abri a ferramenta Vignette, porque tentar desenhar uma seleção dentro de uma pequena caixa de diálogo é difícil.

Já a ferramenta Selective Focus (“Foco Seletivo”) permite que você especifique uma área de sua imagem que deve ficar em foco, enquanto todo o resto será borrado. Seria algo útil para similar o controle de abertura em uma câmera, com a exceção de que não é possível desenhar uma seleção precisa ao redor de um objeto antes de aplicá-la. O efeito pode parecer bastante dramático, em parte por causa da saturação exagerada que o PainShop Pro X4 adiciona por padrão.

Deveria a Corel incluir os ajustes mais comuns onde quer que os usuários precisem deles, correndo o risco de “bagunçar” a interface, ou deveria colocá-los apenas em um único lugar lógico e confiar que os usuários conseguirão encontrá-los em uma interface relativamente simples? Eu prefiro a segunda opção.

Truques na manga

A Corel diz que o PaintShop Pro X4 tem mais de 75 melhorias, incluindo otimizações para fazer o uso de GPUs e obter melhor desempenho, em relação ao seu antecessor. O aplicativo nunca fechou inesperadamente, e pareceu bastante estável. Entretanto, o achei um pouco lento mesmo em um PC razoavelmente poderoso. Controles respondiam imediatamente ao clique, por exemplo, mas aí eu tinha que esperar até que o aplicativo fizesse as mudanças na imagem para poder continuar meus ajustes. Isso prejudicou a capacidade de fazer ajustes rápidos e precisos.

De acordo com a Corel, o PaintShop Pro X4 exige menos recursos da máquina. Dependendo de que partes do aplicativo você instala, ele pode ocupar  200 MB a menos de espaço em disco que seu antecessor. O programa traz mais ferramentas para edição de imagens em 16 Bits de cor, o que é importante para quem quer editar arquivos RAW.

pspro_hdr-360px.jpg
Imagem em HDR: luz e sombra igualmente em destaque, em um efeito "surreal"

Uma área que exige uma boa quantidade de poder de processamento é a edição de imagens em HDR (High Dynamic Range), que é um recurso de destaque no PaintShop Pro X4 (embora também seja oferecido por outros programas). Com ele você pode combinar múltiplas imagens da mesma cena, feitas com exposições diferentes, para produzir uma imagem final que combina os meslhores elementos de cada imagem individual. Ou seja, em vez de uma paisagem com céu superexposto e montanhas subexpostas, você terá uma foto com um belo céu azul e todos os detalhes do cenário.

Não há limite prático quanto ao número de imagens que você pode usar para criar uma imagem em HDR, mas quanto mais fotos você adicionar, mais tempo o PaintShop Pro X4 irá levar para processá-las. Tentei usar 26 fotos em uma única imagem, só para ver se o aplicativo iria engasgar. Ele certamente demorou, mas completou o serviço.

A Corel diz que as quantidades mais comuns de imagens para uma foto HDR são 3, 5, 7, 9 ou 11 fotos, e tive bons resultados com 3 ou 5 imagens. A ferramenta permite que você “mascare” elementos que não quer que apareçam na foto enquanto marca outros que deseja incluir, mas em meus testes este recurso nem sempre funcionou: tentei por várias vezes mascarar um poste, e ele sempre apareceu na imagem final. Fora isso, fiquei satisfeito com os resultados.

Outro novo recurso chamado Photo Blend permite que você combine elementos de várias fotos em uma só imagem. Seu sucesso irá depender das imagens que usar: quanto mais simples for o fundo, melhores os resultados. Em um teste com imagens de um jogo de futebol, uma mulher que aparecia no fundo da foto foi quase que completamente removida, embora sua silhueta fosse perceptível como um “fantasma”.

Assim como outras ferramentas modernas para edição de fotos e vídeo, o PaintShop Pro X4 suporta upload direto de imagens para serviços como o Facebook e Flickr.

Suas fotos em destaque

O PaintShop Pro X4 tem um monte de ferramentas para edição de imagens, muitas das quais achei bastante úteis. Infelizmente ele ainda sofre com a filosofia do “tudo e mais um pouco”, e acredito que a maioria das pessoas preferiria um programa mais simplificado e mais fácil de usar.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site