Imagem de fundo do header
Cybershot T700 tem recursos avançados e ótima função de vídeo
Home  >  Review
REVIEW

Cybershot T700 tem recursos avançados e ótima função de vídeo

Câmera da Sony traz efeito de olho de peixe e gravação de vídeo sem perda de foco; mas fotos sem flash apresentaram ruído

Monica Campi, repórter da PC WORLD

SonyCybershot_T700_ilustra150.jpg
Foto:

Se você tem um pé atrás com câmeras digitais que possuem uma lente fixa embutida, talvez esse modelo da Sony faça você mudar de ideia. A Cybershot T700 vem com uma lente Carl Zeiss, que possui zoom óptico de 4x e digital de 8x, e que faz um ótimo trabalho. O único ‘porém’ dessa lente é que ela se localiza no canto superior direito da câmera, próximo ao flash, o que pode causar a aparição de alguns dedos na imagem.

Apesar disso, a câmera possui uma boa configuração, com memória interna de 4GB, resolução de 10 megapixels e tela/controles sensíveis ao toque. Inclusive o tamanho da tela de 3,5 polegadas é bem interessante e sua resolução de alta definição (1920 x 480 pixels) possibilita uma ótima visualização das imagens. O modelo também é bastante compacto, pesando apenas 160 gramas. Mas o que destaca mesmo a T700 são os seus recursos de imagem e vídeo.

sonycybershot_t700_vermelha.jpg

A Cybershot T700 vem nas cores rosa e prata

Recursos de vídeo

O grande diferencial da função vídeo é o foco. Nos testes foi possível gravar cenas em movimento sem perder a qualidade do foco e sem nenhum tipo de ruído. A função também permite que o zoom seja utilizado nas filmagens, que também manteve a qualidade do foco.

Outro destaque interessante no vídeo é a opção de fazer gravações em preto e branco e até mesmo em sépia. Os arquivos (gerados em MPEG1) não ficam grandes e você pode gravar nos formatos 640 e 320.

O tempo total disponível para gravação é de 50 minutos, mas para uma filmagem contínua conseguimos nos testes utilizar somente 9 minutos. O áudio do vídeo também é muito bom, apesar de ser mono, captando até ruídos sonoros de baixo volume em meio a uma roda de conversa.

sonycybershot_t700_verso.jpg

Recursos de imagem

Apesar de notarmos nos testes algumas imagens mais pixeladas quando tiradas sem flash, os recursos e opções de edição da T700 fazem valer um esforço para conseguir uma boa foto. A começar pela tecnologia de detecção de face. Quando identificado um rosto no enquadramento da imagem, o programa automaticamente faz ajustes no brilho, olhos vermelhos, exposição e foco.

Nos testes essa função funcionou bem, mas somente quando a pessoa está olhando diretamente para a câmera; em outra posição a T700 mostrou dificuldade para acertar os ajustes. A câmera também tem uma função que detecta se alguém na foto fechou os olhos ou piscou na hora da captura e tira uma foto a mais como contraprova. Nos testes essa função teve um bom desempenho, mas falhou quando o objeto se encontrava a mais de 3 metros de distância.

A câmera também oferece 11 modos de cena pré-configurados, além do modo automático, programável e macro. Inclusive este último modo teve um surpreendente desempenho. Uma das opções de macro permite que a câmera se aproxime bastante do objeto, sem perder foco nem qualidade. A Sony informa que essa distância é de 1 centímetro, mas nos testes a melhor distância foi de 5 centímetros, porém o resultado foi excelente, captando até detalhes da marca d’água do papel.

sonycybershot_t700_macro.jpg

Utilizando o modo Macro foi possível ver o detalhe da anotação a apenas 5 cm de distância

Inclusive a função automática de contraprova da T700, também funciona para fotos noturnas. O problema dessa função neste caso é que a segunda imagem é feita com alto ISO (3200), o que deixou a foto com muito ruído. A melhor opção para fotos noturnas com essa câmera é justamente usando modo de longa exposição, que com a ajuda de um tripé gerou fotos bem nítidas.

Efeitos extras e dados técnicos

O grande barato da T700 são as diversas opções de edição e efeitos para as fotos. Apesar de contar com um modo detector de sorriso, o mesmo só funciona quando a câmera está na função automática. Mas se você quer alterar a feição de alguém na foto, um dos efeitos de edição da câmera faz com que a pessoa sorria.

Nos testes esse efeito ficou engraçado, e dependendo da intensidade ficava um pouco forçado. Mas de forma geral ele altera a foto como um todo e dependendo da posição da pessoa, pode gerar uma composição interessante.

sonycybershot_t700_noturno.jpg

Foto tirada com o modo de longa exposição e ajuda de um tripé

Aliás, na própria câmera você pode cortar, retocar, inserir efeitos e artes e até pintar as fotos. Mas um dos efeitos mais bacanas dessa câmera é a função que imita uma foto tirada com uma lente olho de peixe, onde você também pode regular a intensidade da distorção.

Como os controles são todos pela tela touchscreen, uma função útil é a possibilidade de mudar a posição do foco apenas com o toque, assim foi fácil evitar que a câmera focasse no objeto errado. O único problema é que a tela algumas vezes demorou a responder ao toque, mesmo depois de ter calibrado o sensor touchscreen.

A bateria por sua vez, teve um desempenho satisfatório. Nos testes a câmera foi usada sem pausas e de forma intensa durante 5 horas, até que a bateria acabasse. Nesse período conseguimos tirar cerca de 130 fotos, o que é uma boa margem (no total a câmera suporta até 988 fotos na memória interna, em resolução máxima). Apesar do preço de 1.999 reais, a T700 é uma ótima opção para quem procura uma câmera versátil e amadora.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site