Imagem de fundo do header
Desempenho do Kaspersky 2009 não justifica preço tão elevado
Home  >  Review
REVIEW

Desempenho do Kaspersky 2009 não justifica preço tão elevado

Para cobrar tanto, solução deveria ter a melhor proteção e uma simples e intuitiva interface. Mas pecou nesses quesitos.

Erik Larkin, da PC World / EUA

kaspersky_logo_150.jpg
Foto:

kaspersky_logo_150Entre os nove aplicativos integrados de segurança pagos que testamos (entre os quais o Norton, McAfee, BitDefender, Avira e Panda), o pacote de segurança Kaspersky Internet Security 2009 foi um dos mais caros, avaliado em 129,90 reais por 3 licenças.

Este custo se justificaria se o pacote oferecesse um desempenho top e uma facilidade de uso – mas não é o caso. Sua taxa de detecção de malware ficou abaixo da média, e a suíte mostrou instabilidade no uso em cenários diferentes.

Nos testes principais de detecção, o Kaspersky identificou 95,6% das 654.914  amostras de malware usadas pela AV-Test.org. Apesar de não ser um péssimo desempenho, a maioria das outras soluções avaliadas teve um melhor resultado, com médias de acerto de 99%.

Com tal desempenho, o Kaspersky ficou em sexto lugar nesta crucial categoria. O pacote, porém, foi melhor nos testes que medem como os aplicativos identificam novos malwares.

A suíte pulou para quarto lugar em dois testes: heurísticos (que usam arquivos maliciosos com assinatura de duas semanas), com a ótima taxa de 52% de acerto; e nos testes de habilidade para alertar sobre algum aspecto de infecção de malware, baseando-se somente em seu comportamento (60% de acerto).

Leia também: 
> Novato, Webroot Essentials tem falhas e fraca detecção de malwares
> Norton 2009 é a melhor suíte integrada, apesar das falhas
> Panda 2009 tem bons extras, mas peca na detecção de malwares
> McAfee Internet Security 2009 peca ao lidar com malwares
> Suíte 2009 da Trend Micro falha no básico: detecção de malwares
> Com boas ferramentas, F-Secure 2009 apresenta detecção menos potente
> BitDefender 2009 oferece boa proteção por um bom preço
> Avira é técnico demais, mas tem a melhor taxa de detecção de malwares

(Observação: nos testes com os nove aplicativos, a maior taxa nos testes heurísticos foi 55,3%, e o melhor resultado de comportamento foi 80%.)

kaspersky_2009_01

A Kaspersky disse que reformulou seu motor antivírus este ano para produzir uma melhora na velocidade de varredura, mas as suítes da Avira e da Panda foram superiores nos testes que mediram o scan de acesso, que determina a velocidade na qual a suíte pode verificar um arquivo assim que o seu PC o abre ou o acessa.

Porém, apenas o Norton alcançou o Kaspersky nos scans sob demanda, que você inicia manualmente ou via programação.

Esta solução russa provou ser melhor no bloqueio de adwares do que em bloquear softwares maliciosos mais perigosos, e sua taxa de 98,1% de detecção deixou o aplicativo em terceiro lugar na categoria de detecção de adware. Mas para ter esse tipo de performance, você deverá procurar dentro do programa e mudar algumas configurações.

Durante nossos testes usando as configurações padrão, a Kaspersky foi a única suíte que não bloqueou ou nos alertou quando tentamos baixar um protetor de tela do Zango, que contém conhecidos e indesejados adwares.

Após verificar com a empresa, descobrimos que para bloquear isto nós deveríamos ativar a verificação para “outros” adwares, que não está ativado por padrão. Mas deveria estar.

Além disso, outros aspectos do pacote poderiam ser mais simples também. Quando você habilita o controle dos pais, por padrão ele ajusta todas as contas de usuário do Windows – incluindo a sua – para usar o filtro para crianças. E descobrir como modificar isso não é nada intuitivo.

Outra função nada simples é a Security Analyzer. Por exemplo, juntamente com a opção “Strongly Recommended Actions”, o programa mostra “Autorun From Hard Drives is Allowed”. Nenhuma outra informação descreve o que isso significa ou o que mudar a configuração pode fazer ao seu PC.

kaspersky_2009_02

Nós demos crédito a Kaspersky por utilizar informações da Secunia, uma empresa de segurança, para identificar configurações inseguras do sistema, bem como patches para softwares e sistemas operacionais que, na falta dos mesmos, pode criar um grande gargalo de segurança. Apesar disso, um dos melhores jeitos de manter seu PC a salvo é evitar os gargalos e nunca permitir que um malware acesse sua máquina.

Mas o Analyzer irá deixá-lo com uma pulga atrás da orelha com suas recomendações para o sistema. Você também se sentirá menos informado quando encontrar uma opção de programa como “Limit Fragment Buffering Time”, que acompanha uma descrição de ajuda como “usado para impor uma restrição no tempo cache de um objeto da web”.

Claro, muitas pessoas não se importam em procurar por tais opções e mexer nelas sozinhas. Se este é o seu caso, boa sorte. A suíte da Kaspersky inclui ferramentas anti-spam que se integram a clientes de e-mail como o Microsoft Outlook, Outlook Express, Thunderbird e The Bat.

Porém, o programa não tem opções para backup. Apesar da atrativa interface, no final, o pacote da Kaspersky parece como algo não finalizado: precisa de melhores configurações padrão e melhores descrições e ajuda, e também poderia utilizar uma detecção de malware mais poderosa. Apesar do preço elevado, a suíte da Kaspersky tem pouco a oferecer que a distingue dos concorrentes.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site