Imagem de fundo do header
Faça seu funk com o iPhone
Home  >  Review
REVIEW

Faça seu funk com o iPhone

Software permite usar o celular da Apple para mixar frases, efeitos especiais e criar um “pancadão” personalizado

Daniel dos Santos, Macworld Brasil

funk150.jpg
Foto:

Que tem aplicativo do iPhone para tudo (são mais de 100 mil softwares disponíveis na App Store, loja online da Apple), não é novidade. Mas você já tinha ouvido falar em um gerador de funks?

Pois é possível usar o celular da Apple para criar seu próprio “pancadão”, no melhor estilo dos bailes cariocas. Basta usar o software MixBox Baile Funk (US$ 0,99), criado pela MusiGames, desenvolvedora brasileira de softwares educativos e de entretenimento.

Curiosamente, o programa não tem versão em português, só em inglês. Mas é fácil utilizá-lo. Para criar o seu remix, o usuário deve clicar no ícone do microfone, que fica no alto da tela, e dizer a frase que servirá como base para o funk (ou gravar alguém falando algo – sua esposa dizendo que você chegou tarde em casa, por exemplo). O software pega o texto e transforma em botões, com trechos da voz.

funk300
MixBox Baile Funk: com um pouco de treino dá para fazer um funk como o do Joel Santana...

Depois disso, é hora de escolher entre as quatro opções de batida (representadas por notas musicais), disponíveis na parte inferior da tela. Em seguida, o usuário aperta o botão de gravação, toca no funk que servirá como base e começa a tocar nos botões com trechos da voz, mixando tudo.

Ao clicar no ícone do disquete, é possível escolher um nome e armazenar o seu funk.  Nem sempre o resultado é dos melhores, pois o programa pode cortar as palavras de um jeito que não dá para entender. Além disso, é preciso ter o mínimo de jeito para DJ, para inserir as palavras de uma forma adequada na música. Com um pouco de treino, dá para fazer algo parecido com o funk do Joel Santana falando inglês, que bombou no YouTube.

O programa tem uma interface fácil de usar, mas fica devendo o recurso que permita exportar suas criações para outros dispositivos, como o computador, por exemplo. Do jeito que é hoje, você não tem como compartilhar as músicas criadas. Seria legal poder mandá-las por e-mail ou publicar no YouTube.  Questionada pela redação da Macworld Brasil, a MusiGames afirmou que pretende incluir o recurso em uma futura versão do aplicativo.

Confesso que o ritmo está longe de ser o meu preferido, mas dá para criar umas coisas bem engraçadas, principalmente utilizando as frases mais comuns de seus amigos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site