Imagem de fundo do header
Ganhe tempo no Mac com o LaunchBar 5.0.2
Home  >  Review
REVIEW

Ganhe tempo no Mac com o LaunchBar 5.0.2

Nova versão do programa, que oferece acesso rápido a arquivos, possui histórico de clipboards e ferramenta de calculadora melhorada

Macworld/EUA

revlaunch150.jpg
Foto:

O LaunchBar pode ser definido como uma carregador de aplicativos: você aperta um atalho no teclado (Comando-Espaço por padrão) e digita algumas letras do nome do item que pretende abrir, e o LaunchBar exibe uma lista de programas que “combinam” com o que foi digitado.

Se o programa desejado não estiver na primeira, você usa as setas do teclado para selecionar o que quer. Aperte Return para abrir o item selecionado. Já que o LaunchBar aprende a partir do que foi feito antes, após digitar "x1" algumas vezes e então escolher Microsoft Excel, nem as setas serão mais necessárias – o Excel vai aparecer no topo da lista.

É claro que essa funcionalidade não é exclusiva do LaunchBar – outros softwares, como Quicksilver e Butler, trabalham de forma parecida – mas essa é apenas uma pequena parte do que ele pode fazer.

Na verdade, o LaunchBar pode abrir qualquer item no qual  você clicar duplamente em seu Mac – aplicativos, painéis de preferências, serviços, arquivos, e por aí vai – usando o mesmo processo de “digitar algumas letras”. Também é possível utilizar a ferramenta para olhar pastas: uma vez que a pasta desejada for selecionada, aperte a seta da direita do teclado em vez de retornar. Você verá o conteúdo da pasta, e pode navegar pelas subpastas e arquivos utilizando as setas.

Além de abrir, também é possível administrar os arquivos. De dentro do LaunchBar, você pode mover, copiar, ou colar arquivos; selecionar vários arquivos; ou abrir arquivos com aplicativos específicos. Um recurso muito interessante é a maneira que o LaunchBar usa os menus embutidos Recent Items do Mac OS X.

Por exemplo, se você digitar “num” para conseguir Números, basta apertar a seta da direita para ver os arquivos recentemente abertos em Números, usar as setas para selecionar um, e então apertar Return para abrir esse arquivo em Número. Você pode até acessar serviços e copiar caminhos de arquivo Unix (sistema operacional portátil) de dentro do LaunchBar, e arrastar e largar itens na janela do programa para, por exemplo, abrir um arquivo no aplicativo selecionado no momento.

O LaunchBar possui um poderoso sistema de indexação que permite que você decida quais itens quer exibir e ignorar. Por exemplo, é possível escolher quais tipos de arquivo que quer que o software inclua em suas buscas, e dentro dessas categorias, quais itens específicos para exibição.

Faz mais de dois anos desde o lançamento do LaunchBar 4, e apesar da nova versão ser muito parecida, ela também oferece uma variedade de novas ferramentas valiosas.

151130-launchbar5_index_original.jpg

No index do LaunchBar é possível escolher o que você quer que apareça (ou não) nos resultados de busca do programa.

O principal novo recurso é o histórico do Clipboard (Área de Transferência), que ,essencialmente, incorpora muitas de suas utilidades dentro do LaunchBar. Com essa nova ferramenta habilitada, sempre que você apertar Command-C para copiar algo (texto, imagem, entre outros), o LaunchBar salvará esse item em seu histórico do Clipboard.

Você pode apertar um atalho do teclado, a qualquer momento, “chamar” a lista de histórico do Clipboard e então usar o mouse, ou as teclas de setas e Return no teclado, para selecionar um pedaço passado de conteúdo do Clipboard e colá-lo no aplicativo principal. Mas se você copia e cola a todo o momento, vai achar esse recurso sem valor.

O LaunchBar também melhorou sua calculadora. Para usá-la, você abre o programa e, dependendo das suas configurações, começa a digitar números ou pressionar a tecla de igual (=) ou atalho do teclado de sua escolha. A calculadora pode fazer de tudo, desde simples contas até cálculos complexos com logaritmos, frações, e mais. Independente do cálculo que você fizer, ao apertar Return, os resultados irão aparecer em números grandes no meio da tela; aperte Command+C e os resultados são copiados para o Clipboard para serem colados em qualquer outro local.

O programa sempre forneceu a opção de realizar ações em itens selecionados; a versão 5 inclui algumas novas. Por exemplo, agora é possível comprimir arquivos, manipular imagens, fechar programas, rodar serviços, e realizar buscas na Internet diretamente do LaunchBar; você pode até usar o recurso Quick Look do OS X para dar preview em itens selecionados.

A única reclamação verdadeira que tenho sobre o programa é a sua complexidade; ele pode fazer tantas coisas que é difícil dominar tudo. Esse é um software em que ler o manual é algo quase essencial.

Se você quer uma ferramenta que vai organizar seu fluxo de trabalho, o LaunchBar é ótimo – e essa nova versão é ainda melhor. Será preciso algum tempo para compreender o quanto ele pode fazer, mas assim que começar a usá-lo, não deve mais querer parar.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site