Imagem de fundo do header
GeoTag para iPhone complementa máquinas fotográficas
Home  >  Review
REVIEW

GeoTag para iPhone complementa máquinas fotográficas

Aplicativo de geolocalização mescla informações com fotos registradas por outros dispositivos

Macworld/EUA

geotag150.jpg
Foto:

O GeoTag, da Salt’n’Pepper, para iPhone, é mais um dos aplicativos capazes de coletar informações sobre a posição do usuário para marcar o local em que as fotos foram registradas. O diferencial deste aplicativo para os demais é que ele apenas coleta as informações de geolocalização – e não bate fotos.

É uma boa solução se você quer economizar espaço no iPhone ou está usando alguma supercâmera de alta resolução, mas sem esse recurso. O menu de configurações do aplicativo permite ajustar o prefixo do nome das fotos salvas pela sua câmera como, por exemplo, DSC-xxxx, IMG, etc. Também pode ajustar o número sequencial de cada uma para sincronizá-las corretamente. Tudo funciona com bastante precisão. O problema é  quando o próprio usuário esquece de anotar a sequência das fotos.

Para mesclar as geolocalizações com as fotos de sua câmera, será preciso baixar o software GeoTag desktop,
gratuito e compatível apenas com Mac OS X 10.5 ou superior. Para
executar o programa, será necessário inserir manualmente um endereço IP
fornecido pelo próprio GeoTag no iPhone.

O GeoTag é especialmente indicado para fotógrafos que não possuem o
recurso de geolocalização nas câmeras e queiram aproveitar os 13
formatos de imagens suportados pelo aplicativo.

143962-geotag_original.jpg

Botão Collect ativa GPS do iPhone para buscar localização do usuário

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site