Imagem de fundo do header
HD de 1TB da Iomega armazena até 18,5 mil horas de música em MP3
Home  >  Review
REVIEW

HD de 1TB da Iomega armazena até 18,5 mil horas de música em MP3

Seja para guardar 4 milhões de fotos ou 1,5 mil horas de vídeo, o HD externo da Iomega prova que espaço de armazenamento nunca é demais.

Por René Ribeiro, analista de testes da PC World

hispeed_150.jpg
Foto:

iomega1tb_150Espaço não é problema para o Desktop Hard Drive Hi-Speed USB 2.0. O nome grande pode assustar, mas o que surpreende mesmo é a capacidade desse disco rígido externo da Iomega. Ele tem nada menos que 1 TB (terabyte).

Para se ter uma idéia da quantidade de dados, é possível armazenar 18,5 mil horas de música em formato MP3, 4 milhões de fotos em JPEG, de 250 KB cada uma, ou até 1,5 mil horas de vídeo.

Para atingir 1 TB, a empresa agrupou dois discos rígidos de 500 GB em um gabinete, montados em RAID 0, que é gerenciado por uma controladora interna. Ela se comunica com o PC ou com o Macintosh por meio da interface USB 2.0. Mas para que ter tamanha capacidade? Se você trabalha com música e vídeo, por exemplo, é uma mão na roda.

Além de os trabalhos ficarem armazenados como backup, o produtor pode levar o disco para os clientes, economizando o tempo de gravar um DVD ou mesmo várias mídias, o que é uma tarefa demorada.

A segunda razão é mais útil para as empresas. É sabido que o e-mail é válido como documento de prova. Seja de uma tarefa ou de reclamação. Hoje em dia o número de mensagens eletrônicas é muito maior do que qualquer outro meio de comunicação que circula dentro da empresa.

Portanto, manter guardados os e-mails enviados e recebidos, assim como qualquer outra solicitação feita por meio eletrônico, pode evitar dores de cabeça, caso o cliente ou mesmo um fornecedor resolva usar o documento eletrônico como prova de alguma solicitação não atendida.
++++
iomega1tb_150Hoje em dia é preciso pensar onde arquivar essa quantidade imensa de documentação e esse tipo de disco pode ser uma das soluções. Pela alta capacidade, as dimensões até que não formam um grande volume. Em centímetros, o produto tem 12,2 de largura, 6,9 de altura, e 24,5 de profundidade, com o peso de 1,5 quilos.

O disco da Iomega já vem pré-formatado de fábrica com o sistema FAT32. Entretanto, é interessante passá-lo para NTFS, pois arquivos maiores que 4 GB não são lidos em FAT32. Fizemos o teste formatando o HD primeiro. No Windows XP, o processo levou três horas e 52 minutos. Com tal capacidade e a interface de comunicação sendo a USB, o tempo não foi de espantar.

Apesar disso, a solução da interface usada é interessante pela praticidade, pois funciona como um pendrive. Basta conectá-lo à porta USB.

Um ponto que pode ser considerado negativo no produto é como os dados são armazenados. O sistema RAID 0 divide os arquivos nos dois discos, ganhando tempo na gravação. Mas se um dos discos der problema, os dados serão perdidos.

Com o software HD Tunes, a taxa média de transferência foi de 27,8 MB/s. Número que está na média para discos externos que utilizam a USB 2.0 como interface. Uma massa de dados de 100 MB levou um minuto e 22 segundos para ser transferida para o PC.

O caminho inverso demorou um pouco menos: um minuto e 18 segundos. O que ajuda um pouco no desempenho é a velocidade em que os discos giram, a 7.200 RPM. A maioria dos drives externos tem essa velocidade em 5.400 RPM. O drive não vem com software. Entretanto, no site da Iomega é possível baixar um gerenciador de backup.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail
Vai um cookie?

A PCWorld usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site